Bernie Madoff, responsável pelo maior golpe de Wall Street, morre em prisão federal nos EUA aos 82 anos

Reproducao/Forbes
Reproducao/Forbes

O empresário foi condenado a 150 anos de prisão após fraudar US$ 65 bilhões de seus clientes

Bernie Madoff – o responsável por uma das maiores pirâmides financeiras da história – morreu hoje (14) em uma prisão federal aos 82 anos, de acordo com vários relatórios.

Madoff morreu na prisão FMC Butner, na Carolina do Norte, por causas naturais. Acredita-se que a morte não esteja relacionada com a Covid-19, de acordo com o “The Washington Post”.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Madoff se declarou culpado por 11 crimes em 2009, promotores estimaram que ele fraudou cerca de US$ 65 bilhões de seus clientes.

Em 2009, Madoff foi condenado a 150 anos de prisão por crimes que o juiz Denny Chin descreveu como “um mal extraordinário” e sem comparação com qualquer outro crime de colarinho branco da história.

Madoff sofria de doença renal e solicitou a libertação antecipada da prisão no ano passado – dizendo que tinha menos de 18 meses de vida – mas Chin negou sua libertação.

Estima-se que 38 mil pessoas foram vítimas do ex-empresário e incluídas no Fundo para Vítimas de Madoff do Departamento de Justiça.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).