China amplia fiscalização e pede compliance regulatório de financeiras

Aly Song/Reuters
Aly Song/Reuters

As empresas terão que criar holdings financeiras se cumprirem os requisitos necessários

Reguladores financeiros chineses convocaram hoje (29) 13 plataformas de internet envolvidas com finanças, incluindo os gigantes Tencent e ByteDance, para ordenar que eles fortaleçam a sua conformidade regulatória, disse o banco central.

A ação de quatro reguladores do país é parte dos esforços das autoridades chinesas para controlar a maciça “economia de plataforma” online do país.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

As empresas terão que criar holdings financeiras se cumprirem os requisitos necessários, como a fintech afiliada do Alibaba, o Ant Group, foi recentemente forçada a fazer, uma medida que controla os requisitos de capital.

As companhias também devem elaborar planos de “retificação de negócios” para cumprir os regulamentos, cortando ligações “impróprias” entre suas ferramentas de pagamento e outros produtos financeiros e quebrando “monopólios” na retenção de dados.

“Uma supervisão mais rígida não visa apenas o Ant Group, e os problemas do Ant Group definitivamente não são uma exceção. Muitas empresas de plataforma têm irregularidades em vários graus por trás de sua rápida expansão ao longo dos anos”, escreveu o estatal China News Service nesta quinta. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).