Exportações do Japão registram maior ganho mensal desde o final de 2017

REUTERS/FernandoDonasci
REUTERS/FernandoDonasci

Dados mostraram que as exportações dispararam 16,1% em março em relação ao mesmo período em 2020, após uma contração de 4,5% em fevereiro

As exportações do Japão registraram seu maior salto em mais de três anos em março, lideradas por um aumento nas remessas para a China, em um sinal de que a recuperação econômica diante do tombo provocado pelo coronavírus no ano passado permanece intacta.

Dados do Ministério das Finanças japonês mostraram hoje (19) que as exportações dispararam 16,1% em março em relação ao mesmo período do ano anterior, marcando o crescimento mais acentuado desde novembro de 2017. Esse resultado foi melhor que o salto de 11,6% previsto por economistas em pesquisa da Reuters, após uma contração de 4,5% em fevereiro.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Os embarques para a China, maior parceira comercial do Japão, avançaram 37,2% no ano encerrado em março, liderados por metais não ferrosos e materiais plásticos, e também impulsionados por exportações mais fortes de máquinas semicondutoras.

No entanto, é improvável que os dados comerciais aliviem completamente as preocupações em relação à frágil recuperação da terceira maior economia do mundo, que sofreu um enorme golpe com o colapso do comércio global devido à pandemia no primeiro trimestre de 2020. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).