Kalunga aciona bancos para possível retomada de IPO

A varejista havia inicialmente registrado pedido para IPO em dezembro, mas suspendeu diante da piora da volatilidade do mercado acionário nos meses seguintes

Redação
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

A varejista havia inicialmente registrado pedido para IPO em dezembro, mas suspendeu diante da piora da volatilidade do mercado acionário nos meses seguintes

Acessibilidade


A varejista de material para escritório Kalunga anunciou ontem (5) um movimento para possível retomada de seu IPO (Oferta Pública Inicial).

Por meio de fato relevante, a companhia anunciou que engajou o BTG Pactual, o Bradesco BBI, a XP Investimentos e o UBS para “serviços de assessoria financeira no âmbito de potencial operação para a captação de recursos por meio da realização de oferta pública inicial de distribuição de ações”.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

A companhia havia inicialmente registrado pedido para IPO em dezembro, em um momento de valorização das ações brasileiras, e pretendia usar os recursos da oferta para abrir mais lojas, um centro de distribuição no Nordeste, reforçar seu capital e fortalecer seu negócio de gráfica rápida.

No entanto, diante da piora da volatilidade do mercado acionário nos meses seguintes, a Kalunga suspendeu os planos no mês passado, mesma decisão tomada por outras 20 empresas brasileiras em 2021. (com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: