UPS apresenta resultados recordes no 1º trimestre


A United Parcel Service (UPS) divulgou hoje (27) lucro e receita trimestrais recordes, refletindo maior demanda por entregas domiciliares e transporte aéreo na pandemia.

As ações da maior empresa de entrega de pacotes do mundo dispararam 12,1%, depois que o lucro operacional aumentou durante o primeiro trimestre, quando o inverno rigoroso interrompeu brevemente as operações.

LEIA MAIS: Petrobras deve reportar lucro de US$ 0,22 por ação, indica prévia

“A empresa esmagou nossas estimativas mais conservadoras, já que a alavancagem operacional no segmento doméstico – a principal polêmica sobre as ações – foi muito forte”, escreveu David Vernon, analista da Bernstein, em nota a clientes.

Os negócios estão prósperos para a UPS e rivais como FedEx, DHL e Amazon, já que a pandemia fez com que todas as compras, de alimentos a móveis, migrassem para o online.

A UPS, assim como a FedEx, fez parceria com o governo dos EUA para distribuir vacinas contra a Covid-19. A empresa abriu um centro de comando para rastrear as remessas das vacinas. As contribuições desse negócio premium aumentaram os lucros durante o trimestre, disse a presidente Carol Tomé em videoconferência.

Tomé vem reduzindo custos na empresa, e os resultado estão aparecendo. O lucro operacional ajustado na principal unidade doméstica da empresa nos EUA cresceu mais de 273%. O lucro operacional internacional, impulsionado por remessas aéreas de alta margem, aumentou quase 97%.

A receita total aumentou 27%, para US$ 22,9 bilhões, superando as estimativas de US$ 20,49 bilhões, de acordo com dados do Refinitiv.

A empresa lucrou mais que o esperado, excluindo o aumento de US$ 2,5 bilhões vindo do American Rescue Plan Act of 2021 (Arpa), sancionado no trimestre. A lei libera dinheiro ao limitar a necessidade de fazer contribuições para pensões a médio prazo. A UPS disse que a Arpa reduziu seu passivo previdenciário em US$ 6,4 bilhões no total. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).