Cielo monta fundo de R$ 530 milhões com BNDESPar para crédito a PMEs

Micro, pequenas e médias empresas poderão conseguir até R$ 200 mil para capital de giro cada .

Redação
Compartilhe esta publicação:
SOPA Images/GettyImages
SOPA Images/GettyImages

Fundo da Cielo ofertará até R$ 200 mil para capital de giro a micro, pequenas e médias empresas

Acessibilidade


Cielo informou hoje (3) que concluiu a montagem de fundo de investimento em direitos creditórios (FIDC) de cerca de R$ 530 milhões em conjunto com o BNDESPAr, para ofertar crédito a micro, pequenas e médias empresas.

LEIA MAIS: Boletim Focus: Mercado eleva projeções para PIB e inflação em 2021

O fundo tem aportes do braço de participações do BNDES de até R$ 450 milhões em cotas sênior, sendo 200 milhões de imediato e o restante em chamadas de capital futuras. E a Cielo vai aportar R$ 79,4 milhões em cotas subordinadas, levando a um total de R$ 529,4 milhões, segundo fato relevante.

O fundo poderá liberar até R$ 200 mil para capital de giro por cliente, com custo efetivo total de até 3,5% ao mês, carência de 60 dias e prazo de até 30 meses. As operações de crédito serão depois compradas pelo fundo. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: