Conheça os dez bilionários que mais perderam dinheiro nesta semana

Jeff Bezos sofreu queda de aproximadamente US$ 10 bilhões em sua fortuna e Elon Musk protagonizou perda de US$ 7,6 bilhões .

Hank Tucker
Compartilhe esta publicação:
Anadolu Agency/GettyImages
Anadolu Agency/GettyImages

Jeff Bezos sofreu queda de aproximadamente US$ 10 bilhões em sua fortuna e Elon Musk protagonizou perda de US$ 7,6 bilhões

Acessibilidade


Apesar do índice S&P 500 ter subido nos últimos dois dias, fechando a semana com mais uma alta recorde, nem todos os bilionários colheram frutos desse início de temporada de balanços financeiros.

O patrimônio do bilionário Dan Gilbert diminuiu em US$ 8,1 bilhões na semana passada, depois que sua provedora de hipotecas online, Rocket Companies, anunciou ganhos na tarde da última quarta-feira (5), que ultrapassaram as expectativas dos analistas. As ações da Rocket caíram 17% na quinta-feira (6) e mais 5,4% na sexta-feira (7), fechando a semana em US$ 18,09, mínima recorde desde que a empresa abriu o capital em agosto de 2020.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Mesmo com o pico de curta duração de US$ 80 bilhões em março que tornou Gilbert uma das dez pessoas mais ricas do mundo, a sua atual fortuna estimada em US$ 38,4 bilhões foi cortada em mais de 50%. A receita ajustada da Rocket Companies de US$ 4,04 bilhões no primeiro trimestre quase dobrou na comparação anual, mas não atingiu a expectativa média dos analistas de US$ 4,28 bilhões, de acordo com a Seeking Alpha. Assim, os analistas da RBC e da Jefferies reduziram suas metas de preços para as ações.

A queda de Gilbert vem em um momento que o S&P fecha a semana em modestos 1,2% de alta, enquanto o Dow Jones sobe cerca 2,7%. Há uma única pessoa que perdeu mais do que Gilbert esta semana: Jeff Bezos. As ações da Amazon caíram 5,1% nos últimos cinco dias e o CEO converteu alguns de seus ativos em dinheiro, de acordo com um plano de negociação predeterminado, vendendo 1,48 milhão de papéis por uma receita líquida de US$ 3,8 bilhões.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A queda nas ações da Amazon, mais impostos estimados sobre as vendas de ativos, empurrou seu patrimônio líquido para baixo, terminando a semana em US$ 10,4 bilhões. Com a movimentação, Bezos – que tem a fortuna estimada em US$ 191 bilhões – ficou apenas US$ 7,5 bilhões mais rico que o fundador da LVMH, Bernard Arnault, que já chegou a ser a pessoa mais rica do mundo, mesmo que por pouco tempo.

Elon Musk, CEO da Tesla, ficou ainda mais atrás dos dois primeiros nesta semana, com as ações de sua companhia afundando 5,2%, sua fortuna reduziu US$ 7,6 bilhões – embora ele ainda seja de longe a pessoa mais rica a apresentar o Saturday Night Live, programa televisivo norte-americano de comédia, quando subirá ao palco neste fim de semana. Sua riqueza é estimada em US$ 166 bilhões.

Completando as quatro pessoas mais ricas do mundo, o fundador da Microsoft, Bill Gates, transferiu quase US$ 2,4 bilhões em ações para sua esposa, Melinda French Gates, depois que o casal anunciou na última segunda-feira (3) que estavam terminando seu casamento , mas isso não afetou seu patrimônio líquido. Sua fortuna se recuperou e chegou em US$ 129,6 bilhões no final desta semana, quase igual ao que era na semana passada graças aos ganhos em sua carteira de ações expansiva.

O maior vencedor da semana foi Warren Buffett, cujo patrimônio líquido cresceu em US$ 6,1 bilhões, fechando a semana com a fortuna de US$ 109,8 bilhões após a reunião anual de acionistas da Berkshire Hathaway. O Oráculo de Omaha, com 90 anos, não tem planos de se afastar totalmente da companhia, embora já tenha anunciado que espera que seu sucessor seja o vice-presidente, Greg Abel , que possui um patrimônio de US$ 484 milhões.

Veja os bilionários cujas fortunas caíram nesta semana. A variação do patrimônio é calculada entre 30 de abril e ontem (7).

  • 1. Jeff Bezos

    Patrimônio líquido: US$ 191 bilhões; queda de US$ 10,4 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte de riqueza: Amazon

    Anadolu Agency/GettyImages
  • 2. Daniel Gilbert

    Patrimônio líquido: US$ 38,4 bilhões; redução de US$ 8,1 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte de riqueza: Quicken Loans

    Nicholas Hunt/GettyImages
  • 3. Elon Musk

    Patrimônio líquido:US$ 166 bilhões; queda de US$ 7,6 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte de riqueza: Tesla

    picture alliance/GettyImages
  • 4. Jiang Rensheng & família

    Patrimônio líquido: US$ 27,6 bilhões; queda de US$ 3,2 bilhões
    País: China
    Fonte de riqueza: Vacinas

    Reprodução/Forbes
  • 5. Zhong Shanshan

    Patrimônio líquido: US$ 64,1 bilhões; queda de US$ 3,1 bilhões
    País: China
    Fonte de riqueza: Bebidas e produtos farmacêuticos

    Divulgação
  • 6. Mackenzie Scott

    Patrimônio líquido: US$ 58,1 bilhões; queda de US$ 3,1 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte de riqueza: Amazon

    Reprodução/Forbes
  • 7. Zhang Yong

    Patrimônio líquido: US$ 16,4 bilhões; queda de US$ 2,5 bilhões
    País: Cingapura
    Fonte de riqueza: Restaurantes

    Reprodução/Forbes
  • 8. Li Xiting

    Patrimônio líquido: US$ 23,8 bilhões; queda de US$ 2,3 bilhões
    País: China
    Fonte de riqueza: Dispositivos médicos

    Reprodução/Forbes
  • 9. Mukesh Ambani

    Patrimônio líquido: US$ 74,1 bilhões; redução de US$ 2,2 bilhões
    País: Índia
    Fonte de riqueza: Diversificado

    Reprodução/Forbes
  • 10. Ma Huateng

    Patrimônio líquido: US58,5 bilhões; redução de US$ 2,2 bilhões
    País: China
    Fonte de riqueza:Tecent

    Reprodução/Forbes

1. Jeff Bezos

Patrimônio líquido: US$ 191 bilhões; queda de US$ 10,4 bilhões
País: Estados Unidos
Fonte de riqueza: Amazon

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: