Criador da Ethereum é o bilionário de criptomoedas mais jovem do mundo

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Vitalik Buterin detém uma carteira com mais de 333 mil ETH avaliada em US$ 1,09 bilhão

Vitalik Buterin, o nome por trás do lançamento do blockchain Ethereum em 2015, tornou-se o bilionário de cripto mais jovem do mundo aos 27 anos. A criptomoeda da Ethereum, ether, ultrapassou US$ 3.000 pela primeira vez na manhã de ontem (3), o que representa uma valorização de 325% do criptoativo desde o início deste ano.

O endereço da carteira ether de Buterin, divulgado em outubro de 2018 como sua principal na altcoin, atualmente detém mais de 333 mil ETH, que resulta em um valor de US$ 1,09 bilhão com o preço do ether a US$ 3.278 nesta segunda-feira.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

A criptomoeda tem uma capitalização atual de mercado de US$ 376 bilhões, perdendo apenas para o US$ 1,08 trilhão do bitcoin. O valor do ether aumentou desde o início do ano, em grande parte devido à crescente popularidade dos aplicativos de DeFi (finanças descentralizadas) que visam substituir intermediários financeiros tradicionais, como bancos e seguradoras. De acordo com o agregador de dados DeFi Pulse, mais de US$ 72 bilhões agora estão bloqueados em protocolos DeFi, muitos dos quais são construídos em cima do blockchain Ethereum.

No entanto, a Ethereum está enfrentando forte concorrência da BSC (Binance Smart Chain), a infraestrutura de blockchain desenvolvida pela maior bolsa de criptomoeda do mundo, que tem processado uma média de mais de 8 milhões de transações diariamente desde o final de abril, enquanto a Ethereum está realizando 1 milhão. Outros blockchains proeminentes incluem Algorand, Cardano, Polkadot e Solana.

Na semana passada, Buterin doou cerca de US$ 600 mil em tokens de ether para um fundo de ajuda contra a Covid-19 para a Índia.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).