CSU registra lucro líquido recorde no trimestre de R$ 12,8 milhões

A CSU (CARD3), empresa de prestação de serviços e soluções em tecnologia, reportou lucro líquido de R$ 12,8 milhões no 1º trimestre de 2021, número recorde e 37,5% acima na comparação com o resultado de R$ 9,3 milhões observado no mesmo período de 2020. Ricardo Leite, diretor de Relações com Investidores da companhia, avalia que o resultado é fruto de uma “busca dos clientes pela digitalização, além de uma forte expansão nas unidades CSU.CardSystem e CSU.Contact.”

A CSU.CardSystem teve crescimento de 15,1% no Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) em relação ao mesmo período de 2020, atingindo recorde de R$ 28,2 milhões. Já na CSU.Contact expandiu as operações para atender os consumidores finais dos clientes CSU, resultando em 28,5% no Ebitda sobre o mesmo trimestre de 2020, alcançando R$ 7,6 milhões.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Ainda sobre os três primeiros meses do ano, a receita líquida da CSU foi de R$ 123,6 milhões, alta 8,4% contra os R$ 114 milhões do ano passado. O Ebitda total foi de R$ 35,8 milhões, 11,7% a mais que os R$ 30,4 milhões dos três primeiros meses de 2020. Segundo a CSU, o bom desempenho do trimestre possibilita o pagamento de R$ 2,8 milhões em JCP (Juros sobre Capital Próprio) aos acionistas.

Além dos resultados financeiros positivos, no trimestre a CSU apresentou outros avanços, como o aporte de R$ 10 milhões na fintech FitBank.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).