Elon Musk adverte sobre "investimento com cautela" no dogecoin

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

A criptomoeda é particularmente volátil e, nesta semana, seu preço disparou para novas máximas, atingindo US$ 0,69

O CEO da Tesla, Elon Musk, pediu que as pessoas fossem cautelosas ao investir em criptomoedas, já que sua próxima aparição no Saturday Night Live estimulou os investidores a acumular o dogecoin nesta semana, impulsionando-a para recordes nos preços e deixando-a como a quarta criptomoeda mais valiosa.

No Twitter, o bilionário entusiasta dos criptoativos escreveu que, embora a “criptomoeda seja promissora”, as pessoas deveriam “investir com cautela”.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Musk, cujos tweets e comentários causam mudanças sísmicas nos mercados de criptoativos, é um defensor de longa data das moedas digitais e investiu US$ 1,5 bilhão em bitcoins através da Tesla.

Em um vídeo postado em fevereiro, o empresário disse que há uma “boa chance de que as criptomoedas sejam o futuro monetário da Terra”, enfatizando que elas permanecem especulativas no momento.

Musk também reforçou ainda que não é “sensato” que as pessoas coloquem suas economias em criptomoedas.

As criptomoedas são uma classe de ativos volátil. O dogecoin, uma das favoritas de Musk, é particularmente volátil devido à sua popularidade entre os operadores norte-americanos, muitos usando fóruns do Reddit para informar suas negociações e sua dupla identidade como meme. Alguns dos maiores picos do dogecoin vieram depois que o token foi mencionado por Elon Musk no Twitter, geralmente acompanhado de memes. Seu valor disparou para novas máximas de US$ 0,69 nesta semana, à medida que os investidores continuam seus esforços para alavancar o “doge à lua”, o que na prática significa empurrar os preços da cripto para US$ 1 por token.

Musk também escreveu que está procurando um filhote de Shiba. O dogecoin é inspirado no meme doge, de um cão da raça Shiba Inu.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).