Evans, do Fed, diz que não vê superaquecimento do mercado de trabalho

Presidente do Fed também espera que a inflação permaneça em 2,5% por alguns anos

Redação
Compartilhe esta publicação:
Edgard Garrido/Reuters
Edgard Garrido/Reuters

Presidente do Federal Reserve de Chicago, Charles Evan

Acessibilidade


O presidente do Federal Reserve (Fed) de Chicago, Charles Evans, disse hoje (5) ser natural que os salários aumentem à medida que as empresas lutam para encontrar trabalhadores, mas não se mostrou preocupado com o superaquecimento do mercado de trabalho no momento.

Evans disse que gostaria que a inflação atingisse 2,5% e permanecesse nesse patamar por alguns anos e que mesmo uma inflação de 3%, se transitória, não seria motivo de preocupação.

LEIA TAMBÉM: Criação de vagas no setor privado dos EUA mostra força em abril, aponta ADP

Ele fez os comentários depois de dar palestra no Levy Economics Institute da Bard College, na qual disse que o Fed provavelmente precisará manter a política monetária flexível por algum tempo para atingir sua meta de inflação de 2%. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: