Forbes Radar: M. Dias Branco, CSN, Camil, Athena Saúde e outros destaques corporativos

No Forbes Radar de hoje (10), a empresa de biscoitos e massas M. Dias Branco e a companhia de voos Latam divulgam seus balanços financeiros no primeiro trimestre de 2021. Enquanto a primeira registrou lucro líquido de R$ 15 milhões, forte queda de 89%, a segunda diminuiu seu prejuízo líquido em 79,7%, fechando os três primeiros meses do ano em US$ 430,87 milhões. Já o Banco PAN teve lucro líquido de R$ 190 milhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 12% na comparação anual.

Termina nesta segunda-feira o período de reserva de ações da Dotz que está com o intervalo indicativo de preço por ativo entre R$ 16,20 e R$ 21,40 e da Athena Saúde que pode levantar R$ 2,5 bilhões com o preço médio por papel de R$ 20,74.

Veja estes e outros destaques corporativos do dia:

M. Dias Branco (MDIA3)

A M. Dias Branco, líder nos mercados de biscoitos e massas do Brasil, registrou lucro líquido de R$ 15 milhões no primeiro trimestre de 2021, forte queda de 89% em relação ao mesmo período do ano passado, quando a chegada da pandemia da Covid-19 gerou uma corrida por produtos no varejo.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recuou 79,3% no período, para R$ 47,4 milhões. A receita líquida baixou 8,9% no ano a ano, para R$ 1,49 bilhão.

Neste ano, o aumento de custos relacionado à valorização do dólar ante o real e aos preços de alguns de seus principais insumos, como o trigo, pressionou as margens da empresa.

O cenário levou a M. Dias a aplicar um reajuste nos preços do portfólio de produtos em janeiro, que afetou as vendas consolidadas no trimestre, disse à Reuters o diretor de Relações com Investidores e Novos Negócios, Fábio Cefaly.

Latam (LATM33)

A Latam fechou o primeiro trimestre com um prejuízo líquido de US$ 430,87 milhões, reduzindo em 79,7% o prejuízo registrado no primeiro trimestre de 2020 (US$ 2,1 bilhões). A empresa explicou que o menor prejuízo é resultado de um melhor preparo para administrar a crise do coronavírus.

O Ebitda trimestral ficou negativo em US$ 62,5 milhões, contra o valor positivo de US$ 479 milhões no mesmo período do ano passado.

A receita total no primeiro trimestre de 2021 foi de US$ 913,2 milhões, uma redução de 61,2% na comparação anual.

Cosan (CSAN3)

O grupo Raízen, joint venture da Shell e da Cosan, reiterou na última sexta-feira (7) que os acionistas controladores seguem analisando a viabilidade de uma possível listagem da empresa de açúcar, etanol e distribuição de combustíveis, “por meio de um (IPO).”

Em nota comentando reportagem do jornal O Estado de S.Paulo desta semana, a Cosan afirmou que, visando a listagem, os sócios têm “a intenção de deixar todos os atos preparatórios finalizados para a realização da possível operação”.

“Não obstante o acima exposto, tal oferta, seus termos e condições, depende da aprovação final dos acionistas da companhia, bem como de inúmeras condições de mercado alheias à sua vontade”, concluiu.

Ao final de março, a Cosan disse que estava contratando consultores para iniciar os preparativos de uma eventual oferta pública inicial de ações.

A manifestação ocorreu após a Reuters noticiar, com base em fontes, que a Raízen havia escolhido os bancos de investimento do BTG Pactual, Bank of America, Citi e Credit Suisse como coordenadores.

Banco PAN (BPAN4)

O Banco PAN teve lucro líquido de R$ 190 milhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 12% em relação ao mesmo período do ano anterior e 11% maior do que no último trimestre. Ao mesmo tempo, o lançamento da conta digital completou um ano. Ao longo desse período, o Banco atingiu a marca de 10 milhões de clientes.

Nos três primeiros meses, o Banco adicionou 40,9 mil clientes por dia útil no segmento de banking, enquanto a originação de crédito alcançou cerca de R$ 4,8 bilhões em consignado e veículos, 13% superior ao registrado no mesmo período de 2020.

A inadimplência acima de 90 dias na carteira de varejo recuou mais uma vez, de 5,5% para 5,0%, abaixo da média histórica.

CCR (CCRO3)

A Andrade Gutierrez avisou a CCR sobre intenção de vender sua participação de 14,86% na empresa após oferta vinculante feita pela IG4 Capital Investimentos, o que fazia as ações da administradora de concessões de infraestrutura dispararem.

No comunicado à CCR, a Andrade Gutierrez relatou que a proposta da IG4 contempla pagamento de R$ 15,44 por ação, totalizando R$ 4,6 bilhões, e inclui cláusula de ‘earn-out’ que pode elevar ainda mais o valor da operação.

A CCR disse que os demais acionistas integrantes do bloco de controle – Camargo Corrêa (+14,86) e Soares Penido (15,05%) – poderão durante 30 dias exercer seus respectivos direitos de preferência conforme termos no acordo de acionistas.

Caso nenhum dos acionistas manifeste interesse em adquirir as ações, a operação será realizada em 60 dias.

Rede D’Or (RDOR3)

O grupo hospitalar Rede D’Or São Luiz anunciou na última sexta-feira (7) que fechou acordo por meio do qual terá 20 de seus hospitais e um centro oncológico para atender clientes de plano de saúde da Amil.

Segundo fato relevante, as unidades da Rede D’Or passarão a atender cerca de 1,3 milhão de beneficiários da Amil do Distrito Federal e dos estados de Rio de Janeiro e São Paulo a partir de hoje (10).

Gol (GOLL4)

A Gol informou que a demanda por seus voos em abril foi 36% menor do que em março, para 739 mil assentos, com os setor aéreo sendo afetado por uma segunda onda de infecções pela Covid-19 no Brasil.

No comparativo anual, porém, a demanda foi 289% superior, já que abril do ano passado marcou um dos piores momentos da pandemia, com as aviação comercial quase toda paralisada diante do início da disseminação do coronavírus pelo país.

No mês passado, a Gol manteve suspensos todos os seus voos internacionais.

A oferta de assentos pela companhia em abril, de 893 mil, foi 273,5% maior ano a ano, mais caiu 44,5% em relação a março. Com isso, a taxa de ocupação das aeronaves no mês passado foi de 82,8%, aumento de 3,3 pontos em um ano e de 4 pontos na base sequencial.

A Gol também informou não houve pagamento pelo recesso de 176 ações preferenciais de emissão da Gol e 28 mil ações ordinárias de emissão da Smiles encerrado em dia 28 de abril de 2021.

PetroRio (PRIO3)

A PetroRio produziu em abril 31,55 mil boe/d (barris de óleo equivalente por dia), queda de 6,4% ante março, com impacto de paradas para manutenção, informou a companhia em comunicado ao mercado nesta sexta-feira.

A produção do campo de Frade, na Bacia de Campos, em abril, foi afetada por uma parada programada para manutenção no FPSO Frade, que teve início no dia 28 daquele mês e terá duração de oito dias, disse a PetroRio.

A empresa pontuou ainda que a produção de março e abril, no campo de Tubarão Martelo, na Bacia de Campos, foi impactada por uma parada na produção do poço TBMT-8H, devido a uma falha da bomba centrífuga submersa, causando redução da produção em cerca de 1,4 mil barris por dia.

“A bomba, que estava em operação desde o início da produção do campo, aguarda mobilização da sonda Atlantic Zephyr (agora chamada Kingmaker) para realização de um workover, previsto para ser concluído em maio ou junho”, disse a empresa.

No primeiro trimestre do ano, a produção média da PetroRio havia sido de 31,32 mil boe/d.

CSN (CSNA3) e Usiminas (USIM5)

A csn (Companhia Siderúrgica Nacional) informou na última sexta-feira (7) que vendeu 56 milhões de ações preferenciais da Usiminas, reduzindo sua fatia para 10,07% desta classe de papéis.

“A companhia avaliará alternativas estratégicas para a destinação dos recursos financeiros provenientes dessa venda”, disse a CSN por meio de fato relevante.

Segundo cálculos da Reuters, a operação movimentou cerca de R$ 1,3 bilhão, de acordo com cálculos da Reuters com base no preço de fechamento do papel na B3, de R$ 23,14 cada.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Qualicorp (QUAL3)

A Qualicorp anunciou ao mercado que ajustou os valores atribuídos por ação relacionados aos dividendos aprovados em 30 de abril.

O montante de R$ 200 milhões, equivalente a R$ 0,7051 por ação, será ajustado para R$ 0,7044 por ativo. Os outros R$ 370 milhões serão equivalentes a R$ 1,3046 por papel, ante o R$ 1,3059.

Athena Saúde (ATEA3)

Termina hoje (10) o período de reserva para pequenos investidores comprarem ações da Athena Saúde. A empresa definiu o intervalo indicativo de preço por ação entre R$ 18,35 e R$ 23,12. A empresa tem estreia prevista para a próxima quinta-feira (13).

Considerando o preço médio de R$ 20,74 – o valor será fixado amanhã (11) – e a oferta-base de 120,5 milhões de ativos, a Athena Saúde pode levantar cerca de R$ 2,5 bilhões, além de poder contar com o lote adicional de 24,1 milhão de papéis e de um lote suplementar de 18,1 milhão.

A empresa informou que o valor captado será distribuido em: aquisições com contratos firmados (85%) e aquisições futuras (15%).

Copasa (CSMG3)

A Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) destinou o montante de R$ 64 milhões para o pagamento de JCP (juros sobre capital próprio), sendo R$ 0,171010 por ação. E o pagamento será efetuado em 18 de maio.

Valid (VLID3)

A Valid informou na última sexta-feira (7) que Joel Mendes Rennó Junior, renunciou ao cargo de diretor financeiro e de RI (relações com investidores). De acordo com a companhia, “para seu lugar, estamos trazendo o Renato Tyszler, profissional bastante respeitado e experiente de mercado. Renato é formado em Administração pela PUC (Pontifícia Universidade Católica) do Rio de Janeiro e possui MBA pela Marshall Business School.”

Camil (CAML3)

A Camil informou na última sexta-feira (7) que concluiu a 10ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, no valor de R$ 600 milhões.

Dotz (DOTZ3)

Os pequenos investidores que quiserem comprar ações da Dotz tem até o fim do pregão de hoje (10) para fazer suas reservas. A companhia que tem estreia prevista para a próxima sexta-feira (14), está com o intervalo indicativo de preço por ação entre R$ 16,20 e R$ 21,40. O valor será fixado na próxima quarta-feira (12).

Considerando o preço médio de R$ 18,80 e a oferta-base de 4,3 milhões de ações, a companhia pode levantar cerca de R$ 815 milhões. E ainda pode contar com um lote adicional de 8,7 milhões de papéis e de um lote suplementar de 6,5 milhões.

Petrobras (PETR4)

A Petrobras assinou contrato com a Keppel Shipyard Limited para a construção da P-78, 7º unidade a ser instalada no pré-sal da Bacia de Santos.

Com capacidade de processamento diário será de 180 mil barris de óleo e 7,2 milhões de m3 de gás. A plataforma é um FPSO, unidade flutuante que produz, armazena e transfere petróleo. A entrega está prevista para 2024.

(Com Reuters)

Calendário de divulgação dos próximos resultados:

  • Itausa (ITSA3) – 10 de maio
  • Gerdau (GOAU4) – 10 de maio
  • Locamerica (LCAM3) – 10 de maio
  • Linx (LINX3) – 10 de maio
  • Mitre Realty (MTRE3) – 10 de maio
  • Direcional (DIRR3) – 10 de maio
  • Aura Minerals (AURA33) – 10 de maio
  • Marisa (AMAR3) – 10 de maio
  • Mobly (MBLY3) – 10 de maio

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).