Inflação ao consumidor nos EUA salta em abril

REUTERS/Lawrence Bryant
REUTERS/Lawrence Bryant

Os preços ao consumidor aumentaram 0,7% no mês passado, após ganhar 0,4% em março

A inflação ao consumidor nos Estados Unidos aceleraram no ano até abril, com uma leitura do núcleo da inflação ultrapassando a meta de 2% do Fed (Federal Reserve), refletindo a demanda reprimida com a reabertura da economia, as restrições de oferta e fatores técnicos.

Os preços ao consumidor medidos pelo índice PCE (medida de inflação mais usada pelo Fed), excluindo os componentes voláteis de alimentos e energia, aumentaram 0,7% no mês passado, após ganhar 0,4% em março, disse o Departamento do Comércio hoje (28).

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

No acumulado de 12 meses até abril, o chamado núcleo do índice de inflação PCE saltou 3,1%, após avanço de anual de 1,9% em março. Economistas consultados pela Reuters previam que o núcleo do índice de inflação PCE nos EUA aumentaria 0,6% em abril e saltaria 2,9% no comparativo anual. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).