Itaú Unibanco vê inadimplência em empréstimos abaixo do esperado

Para o presidente-executivo, o banco também deve apresentar um desempenho "muito bom" em provisões para perdas com empréstimos .

Redação
Compartilhe esta publicação:
Getty Images/SOPA Images
Getty Images/SOPA Images

Para o presidente-executivo, o banco também deve apresentar um desempenho “muito bom” em provisões para perdas com empréstimos

Acessibilidade


A inadimplência em empréstimos do Itaú Unibanco está menor do que o maior banco brasileiro esperava, disse o presidente-executivo, Milton Maluhy, hoje (4), apesar da segunda onda brutal da pandemia.

O executivo afirmou que o índice de inadimplência em 90 dias provavelmente aumentará até o final do ano, mas em níveis abaixo do previsto. O banco deve apresentar um desempenho “muito bom” em provisões para perdas com empréstimos este ano, acrescentou.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

O Itaú reportou na véspera lucro líquido recorrente de R$ 6,398 bilhões, mais de 11% acima da estimativa de R$ 5,753 bilhões, compilada pela Refinitiv e 63,6% acima dos resultados do ano anterior. (com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: