Lucro líquido da Engie Brasil sobe 3,3% no 1º trimestre para R$ 529 milhões

A Engie Brasil Energia registrou lucro líquido de R$ 529 milhões no primeiro trimestre, alta de 3,3% ante o mesmo período de 2020, informou a companhia hoje (5). 

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) no período foi de R$ 1,738 bilhão, alta de 30,5% na mesma comparação.

LEIA MAIS: Lucro da Engie Brasil Energia salta 66,7% no 4º trimestre, para R$ 1 bi

A receita operacional líquida avançou 25,3% no primeiro trimestre ante o mesmo período do ano passado, para R$ 3,25 bilhões.

As variações positivas, segundo a empresa, “refletem substancialmente a ampliação da contribuição da rede de gasodutos TAG e do segmento de transmissão”.

A empresa citou ainda como pontos positivos a redução no volume de compras de energia, aumento do preço médio líquido de venda de energia e evento não recorrente, relacionado ao complemento nos valores da repactuação do risco hidrológico o registrados no fim de 2020.

O preço médio dos contratos de venda de energia, líquido dos tributos sobre a receita e das operações de trading, foi de R$ 205,13/MWh no primeiro trimestre, alta de 6,7% frente ao registrado entre janeiro e março de 2020.

A quantidade de energia vendida no primeiro trimestre, sem considerar as operações de trading, foi de 4.205 MW médios, queda de 3% ante um ano antes. (Com Reuters)

 

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).