Biden rejeita nova proposta republicana sobre gastos com infraestrutura

O presidente rejeitou uma nova proposta, que aumentou os gastos em cerca de US$ 50 bilhões em relação à última oferta.

Redação
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Kevin Lamarque
REUTERS/Kevin Lamarque

O presidente rejeitou uma nova proposta, que aumentou os gastos em cerca de US$ 50 bilhões em relação à última oferta

Acessibilidade


O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e os republicanos entraram no fim de semana sem acordo sobre como fazer um pacto de infraestrutura que possa satisfazer seus campos, colocando em risco as chances de um acordo bipartidário.

O democrata Biden rejeitou uma nova proposta da principal negociadora republicana em infraestrutura, a senadora Shelley Moore Capito, que aumentou os gastos em cerca de US$ 50 bilhões em relação à última oferta, informou a Casa Branca.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Biden rejeitou a proposta, dizendo que “não atendia a seus objetivos de fazer a economia crescer, enfrentar a crise climática e criar novos empregos”.

Os republicanos já haviam oferecido cerca de US$ 257 bilhões em novos gastos, abaixo dos US$ 2,25 trilhões que Biden ofereceu inicialmente e sugeriu que ele poderia reduzir a um mínimo de US$ 1 trilhão.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Os dois lados concordaram em conversar novamente na próxima segunda-feira (7), e a Casa Branca sinalizou que eles podem buscar um caminho com outros parlamentares republicanos ou mesmo apenas com os democratas. A conversa de segunda-feira será a terceira em uma semana. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: