Coca-Cola HBC fecha acordo para adquirir fatia de 30% na italiana Caffè Vergnano

Lucy Nicholson/Reuters
Lucy Nicholson/Reuters

A transação considera que a HBC, na qual a Coca-Cola possui participação de 23%, atenda a uma gama mais ampla de gostos dos consumidores

A produtora de bebidas Coca-Cola HBC assinou um acordo para aquisição de uma fatia de 30% na Casa Del Caffè Vergnano, tornando-se distribuidora exclusiva da torrefadora de café fora da Itália.

O acordo é semelhante ao assinado em 2018 entre o grupo multinacional JAB e a torrefadora Illycaffe, que permitiu à companhia italiana explorar a poderosa rede de distribuição da JAB para atingir mais clientes e canais.

LEIA TAMBÉM: Coca-Cola adere a programa Adote um Parque na Amazônia

A transação, anunciada hoje (28), considera que a HBC, na qual a Coca-Cola possui participação de 23%, atenda a uma gama mais ampla de gostos dos consumidores, disse a companhia em comunicado, acrescentando que a Caffè Vergnano – especialista em café expresso – complementa sua oferta de produtos Costa Coffee.

“Com a Caffè Vergnano, estamos bem posicionados para construir um portfólio total em café que atenda a uma ampla gama de preferências dos consumidores”, disse o presidente-executivo da Coca-Cola HBC, Zoran Bogdanovic.

Ele acrescentou que a companhia trabalhou em conjunto com a Coca-Cola no acordo com a torrefadora italiana.

Em comunicado à parte, a Caffè Vergnano disse que, com a Coca-Cola HBC como nova parceira estratégica, pretende acelerar seus planos de crescimento internacional. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).