Conheça as 12 maiores rodadas de investimentos em criptomoedas e blockchain

GettyImages
GettyImages

A Circle ocupa agora a primeira posição em captação na indústria após levantar US$ 440 milhões em uma única rodada

A lista da Forbes sobre as maiores rodadas de investimento em criptomoedas e blockchain acaba de ganhar um novo líder. A Circle, criadora da segunda maior stablecoin, o USDC, acaba de levantar US$ 440 milhões em investimento privado de investidores institucionais e estratégicos. Dos 12 maiores investimentos em criptos da história, cinco foram em 2021, mostrando uma mudança neste ano, com o dinheiro normalmente reservado para investimentos mais tradicionais migrando para o mercado de criptomoedas.

  • Circle: US$ 440 milhões

    Data da transação: 28 de maio de 2021
    Investidores importantes: Fidelity Management and Research Company, Marshall Wace, Digital Currency Group, FTX e Breyer Capital
    Valuation após o investimento: Não disponível
    Valuation anterior: US$ 3 bilhões

    O provedor de pagamentos, mais conhecido como um dos principais desenvolvedores da stablecoin USDC, de US$ 22 bilhões, levantou US$ 440 milhões por meio de um grupo de investidores institucionais e estratégicos. A plataforma da Circle realizou mais de 100 milhões de transações para mais de 10 milhões de clientes de varejo e mil empresas. A Circle também se tornou recentemente parceira da Visa para ajudar na liquidação de transações em USDC. No ano passado, o USDC teve mais de US$ 615 bilhões em transações – um crescimento de mais de 28.000% nos últimos 12 meses.

    GettyImages
  • Bitmain: US$ 422 milhões

    Data da transação: 7 de agosto de 2018
    Rodada: Series B1
    Investidores importantes: Crimson Capital China, Bluebell (Ásia), Jumbo Sheen Group, Lioness Capital, Palace Investment Company e Pavilion Capital
    Valuation após o investimento: US$ 15 bilhões
    Valuation anterior: US$ 12 bilhões

    A Bitmain é líder mundial na fabricação de hardware para mineração de bitcoins, operando a Antpool, um dos maiores pools de mineração, responsável por mais de 12% do hash de rede do bitcoin. Pouco depois do aumento de capital de US$ 422 milhões, a empresa sediada em Pequim entrou com um pedido de IPO na Bolsa de Valores de Hong Kong em setembro de 2018, mas a oferta caiu em meio à crise do bitcoin e ao esfriamento do mercado.

    A Bitmain ocupa também a oitava posição no ranking da Forbes:

    Bitmain: US$ 292,7 milhões

    Data da transação: 19 de junho de 2018
    Rodada: Series B
    Investidores importantes: Sequoia Capital, Coatue Management, China Taijia e Blue Lighthouse Services
    Valuation após o investimento: US$ 12 bilhões
    Valuation anterior: US$ 100 milhões

    GettyImages
  • BlockFi: US$ 350 milhões

    Data da transação: 11 de março de 2021
    Rodada: Series D
    Investidores importantes: Bain Capital Ventures, sócios da DST Global, Pomp Investments, Tiger Global e Susquehanna Government Products
    Valuation após o investimento: US$ 3 bilhões
    Valuation anterior: US$ 435 milhões

    Fundada em 2017, a BlockFi, com sede em Nova Jersey, é uma das principais provedoras de empréstimos em criptomoedas. Seus produtos abrangem várias categorias, incluindo empréstimos garantidos e contas que rendem juros, por meio das quais os investidores podem ganhar sobre seus ativos. Boatos sobre o potencial IPO da BlockFi começaram a circular em julho passado, após relatos de uma vaga de emprego, parte da qual envolvia ajudar a empresa a abrir o capital.

    Adobestock
  • Dapper Labs: US$ 305 milhões

    Data da transação: 30 de março de 2021
    Rodada: 5ª rodada
    Investidores importantes: Coatue Management, Andreessen Horowitz, Michael Jordan e Kevin Durant
    Valuation após o investimento: US$ 2,6 bilhões
    Valuation anterior: Não disponível

    A startup sediada em Vancouver, no Canadá, é mais conhecida como a desenvolvedora do NBA Top Shot, um mercado NFT para destaques ou “momentos” icônicos do basquete. O projeto, que já ultrapassou a marca de US$ 400 milhões em volume de negociação, é em grande parte responsável pelo boom de NFTs, que são essencialmente tokens digitais rastreáveis em um blockchain. Anteriormente, a Dapper Labs desenvolveu um jogo popular na rede Ethereum com itens colecionáveis reproduzíveis chamado CryptoKitties.

    GettyImages
  • Blockchain.com: US$ 300 milhões

    Data da transação: 24 de março de 2021
    Rodada: Series C
    Investidores importantes: sócios da DST Global, Lightspeed Venture Partners e VY Capital
    Valuation após o investimento: US$ 5,2 bilhões
    Valuation anterior: US$ 3 bilhões

    O Blockchain.com fornece uma variedade de serviços voltados ao universo cripto para clientes de varejo e institucionais, mas é mais famoso por suas carteiras digitais sem custódia. Ao contrário de suas concorrentes, com controle de terceiros, essas carteiras fornecem aos usuários controle total sobre suas chaves privadas que representam a propriedade de criptos. A empresa com sede em Londres afirma que processou 28% de todas as transações de bitcoins desde 2012.

    GettyImages
  • Bakkt: US$ 300 milhões

    Data da transação: 16 de março de 2020
    Rodada: Series B
    Investidores importantes: Intercontinental Exchange (ICE), BCG Digital Ventures e PayU
    Valuation após o investimento: Não disponível
    Valuation anterior: Não disponível

    Em fevereiro de 2020, o empreendimento de venture cripto da ICE (proprietária da Bolsa de Valores de Nova York) anunciou a aquisição da Bridge2 Solutions, fornecedora de programas de fidelidade, para impulsionar a plataforma de varejo one-stop da Bakkt. Chamado Bakkt App, o serviço permite aos usuários agregar vários ativos digitais, incluindo pontos de fidelidade, programas de recompensa, ativos de jogos e criptomoedas, tudo em uma carteira. Em janeiro, a Bakkt anunciou que iria abrir capital por meio de uma fusão SPAC com a VPC Impact Acquisition Holdings por um valor de cerca de US$ 2,1 bilhões. Após o fechamento do negócio no segundo trimestre de 2021, a empresa combinada será listada na Bolsa de Valores de Nova York como Bakkt Holdings, Inc.

    GettyImages
  • Coinbase: US$ 300 milhões

    Data da transação: 30 de outubro de 2018
    Rodada: Series E
    Investidores importantes: Tiger Global Management, Andreessen Horowitz, Government of Singapore Investment Corporation e Polychain Capital
    Valuation após o investimento: US$ 8,04 bilhões
    Valuation anterior: US$ 1,71 bilhão

    Em 25 de fevereiro, a maior exchange de criptomoedas dos EUA entrou com pedido de listagem direta na Nasdaq. A Coinbase foi avaliada em US$ 68 bilhões, com base nos registros recentes. Ao mesmo tempo, em 19 de março, a empresa foi multada em US$ 6,5 milhões pela Commodity Futures Trading Commission, alegando que existiam falsos relatórios de transações e negociações de lavagem entre 2015 e 2018 em sua plataforma GDAX, posteriormente renomeada como Coinbase Pro.

    GettyImages
  • Bitso: US$ 250 milhões

    Data da transação: 5 de maio de 2021
    Rodada: Series C
    Investidores importantes: Coatue, Tiger Global, Paradigm, Valor Capital Group, QED e Pantera Capital.
    Valuation após o investimento: US$ 2,2 bilhões
    Valuation anterior: Não disponível

    Fundada em 2014, a Bitso, com sede na Cidade do México, é uma das maiores plataformas de criptomoedas da América Latina, oferecendo vários produtos e serviços para mais de dois milhões de clientes no México, Argentina e Brasil. Isso inclui o Bitso App que permite aos usuários comprar, vender, enviar ou receber bitcoins e outras oito criptomoedas; a Bitso Alpha, uma plataforma de negociação de criptos de nível profissional; e a Bitso Business, um conjunto de produtos internacionais para empresas locais. A Bitso afirma ter mais de 95% de participação no mercado mexicano de criptos e mais de 60% no argentino.

    GettyImages
  • Hangzhou Qulian Technology: US$ 235 milhões

    Data da transação: 4 de junho de 2018
    Rodada: Series B
    Investidores importantes: Xinhu Zhongbao Company, China Gaoxin Investment Group, State Development e Investment Corporation
    Valuation após o investimento: US$ 470,25 milhões
    Valuation anterior: US$ 40,33 milhões

    A Qulian Technology fornece produtos blockchain para as principais organizações e instituições da China, incluindo o Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação, a Administração Estatal para Regulamentação do Mercado, a Rede Estadual e governos locais. De acordo com a empresa, sua plataforma de serviço aberto é usada por alguns dos maiores bancos da China, incluindo o China Construction Bank, o Agricultural Bank of China e o China Merchants Bank. Os parceiros da Qulian Technology também incluem o Google e a Microsoft.

    GettyImages
  • Bithumb: US$ 200 milhões

    Data da transação: 19 de abril de 2019

    Rodada: 2ª rodada
    Investidores importantes: Vidente, ID Ventures (Coreia do Sul) e ST Blockchain Fund
    Valuation após o investimento: avaliada em US$ 888,27 milhões em janeiro de 2021
    Valuation anterior: US$ 868,42 milhões

    Em setembro de 2020, a Agência de Polícia Metropolitana de Seul realizou buscas nos escritórios de uma das maiores exchanges de criptomoedas da Coreia do Sul, a Bithumb, sob alegações de fraude ligada a uma venda de token de US$ 25 milhões que nunca se materializou e levou a perdas dos investidores.

  • Ripple Labs: US$ 200 milhões

    Data da transação: 1º de outubro de 2020
    Rodada: Series C
    Investidores importantes: Tetragon Financial Group, SBI Holdings, Transform Capital e 10X Capital
    Valuation após o investimento: US$ 10 bilhões
    Valuation anterior: US$ 410 milhões (2016)

    Em dezembro, a Ripple Labs e seus principais executivos foram acusados ​​pela SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, na sigla em ingles) de vender US$ 1,3 bilhão de XRP, o ativo nativo da rede de pagamentos desenvolvida pela empresa, como um título não registrado. Seguindo as acusações, várias exchanges e plataformas de negociação, incluindo Coinbase, Binance.US e eToro, retiraram o XRP da lista e suspenderam sua negociação. Em janeiro, a empresa de investimentos britânica Tetragon Financial Group abriu um processo para resgatar seu patrimônio na Ripple, mas acabou perdendo o caso. Apesar das consequências, o XRP continua sendo um dos ativos digitais mais negociados do mercado.

    GettyImages

Circle: US$ 440 milhões

Data da transação: 28 de maio de 2021
Investidores importantes: Fidelity Management and Research Company, Marshall Wace, Digital Currency Group, FTX e Breyer Capital
Valuation após o investimento: Não disponível
Valuation anterior: US$ 3 bilhões

O provedor de pagamentos, mais conhecido como um dos principais desenvolvedores da stablecoin USDC, de US$ 22 bilhões, levantou US$ 440 milhões por meio de um grupo de investidores institucionais e estratégicos. A plataforma da Circle realizou mais de 100 milhões de transações para mais de 10 milhões de clientes de varejo e mil empresas. A Circle também se tornou recentemente parceira da Visa para ajudar na liquidação de transações em USDC. No ano passado, o USDC teve mais de US$ 615 bilhões em transações – um crescimento de mais de 28.000% nos últimos 12 meses.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).