Construtora Viver pede para sair da recuperação judicial, após quase 5 anos

Nacho Doce/Reuters
Nacho Doce/Reuters

Segundo a companhia, 98% de sua dívida habilitada foi quitada

A construtora Viver informou hoje (14) que pediu na justiça o encerramento de sua recuperação judicial, quase cinco anos após o início do processo.

Segundo a companhia, após ter recebido cinco capitalizações desde 2018, com a conversão de dívidas em capital e o pagamento de credores, 98% de sua dívida habilitada foi quitada.

LEIA MAIS: Kallas amplia lista de construtoras que desistiram de IPO

Além disso, valores remanescentes e outros créditos ilíquidos anteriores ao pedido da recuperação judicial seguem sujeitos aos efeitos do plano.

“A conclusão da recuperação judicial permitirá que a companhia continue a crescer”, disse a Viver no fato relevante.

A empresa pediu recuperação em setembro de 2016, com mais de R$ 930 milhões em dívidas. Aprovado por credores, o plano de recuperação judicial foi homologado em dezembro de 2017.(Com Reuters)


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).