Forbes Radar: Gol, JBS, Magazine Luiza, Copel e outros destaques corporativos

No Forbes Radar de hoje (9), os processos de M&As estão a todo vapor. A GOL anunciou a aquisição da MAP Transportes Aéreos, empresa aérea brasileira, por R$ 28 milhões. Ao mesmo tempo, a CSN está com negociações avançadas para compra da Cimento Elizabeth por aproximadamente US$ 250 milhões e a Amazon planeja investir € 2,5 bilhões em novos centros de processamento de dados na Espanha.

Enquanto isso, no universo das ofertas, a provedora de soluções antifraude digital Clear Sale pediu para realizar um IPO e a rede de clínicas de tratamento contra o câncer Oncoclínicas também fez seu pedido.

Veja estes e outros destaques corporativos do dia:

Berkshire Hathaway (BERK34)

A Berkshire Hathaway, gestora do bilionário Warren Buffett, é a mais nova acionista do Nubank. De acordo com informações antecipadas pelo The Wall Street Journal, a Berkshire irá comprar US$ 500 milhões em ações do banco digital brasileiro, o maior investimento individual já recebido pela empresa.

O aporte da gestora norte-americana deve vir acompanhado de outra captação de US$ 250 milhões e liderado pela Sands Capital, Verde Asset e Absoluto Partners, levando a avaliação do Nubank para US$ 30 bilhões.

Eletrobras (ELET6)

O governo está alinhado à proposta de privatização da Eletrobras aprovada recentemente na Câmara, embora técnicos e associações do setor elétrico tenham criticado mudanças feitas na matéria pelos deputados, disse ontem (08) o secretário de Desestatização do Ministério da Economia, Diogo Mac Cord.

A afirmação do secretário vem após alguns especialistas e entidades que representam investidores em energia terem se queixado de alterações na MP (medida provisória) original sobre a operação, que estabelecem contratação compulsória pelo governo nos próximos anos de novas térmicas a gás e PCHs (pequenas hidrelétricas).

O relator da medida sobre a desestatização na Câmara, Elmar Nascimento (DEM-BA), incluiu no texto mecanismos que obrigam o governo a contratar 6 GW (gigawatts) em usinas a gás em leilões, além de favorecer PCHs nas próximas licitações para novos projetos de geração.

Mac Cord afirmou, sem detalhar, que a primeira versão apresentada pelo relator para a MP “tinha problemas graves”, mas que está satisfeito com a versão final aprovada na Câmara.

Por fim, o relator da medida provisória, Marcos Rogério (DEM-RO), afirmou ontem (8) que se comprometeu com o governo federal a apresentar seu parecer ainda nesta semana, acrescentando que espera votá-lo no máximo até o início da próxima.

Iguatemi (IGTA3)

A administradora de shopping centers Iguatemi terá capacidade para dobrar de tamanho se a reestruturação societária anunciada na véspera for aprovada, disse ontem (08) a diretora financeira e de relações com investidores da companhia, Cristina Betts.

A proposta, anunciada na noite da última segunda-feira (07), prevê a Iguatemi incorporada por sua controladora, o Grupo Jereissati, e deixará de ter ações listadas no Novo Mercado da B3, com a nova empresa tendo units listadas no nível 1.

Betts, que na mesma ocasião foi apontada como nova diretora presidente da Iguatemi a partir de janeiro de 2022, disse esperar que a reestruturação leve 120 dias para acontecer, tendo que ser aprovada por dois terços dos acionistas minoritários.

Para a executiva, o próximo ciclo de crescimento do setor de shopping centers no Brasil passará necessariamente por fusões e o capital liberado com a reestruturação permitirá que a Iguatemi tenha papel relevante nesse processo.

Amazon (AMZO34)

A Amazon planeja investir € 2,5 bilhões em novos centros de processamento de dados na Espanha que serão inaugurados em meados de 2022, afirmou a empresa. O investimento será aplicado ao longo de um período de 10 anos.

Clear Sale

A provedora de soluções antifraude digital Clear Sale pediu ontem (8) registro para realizar um IPO (oferta inicial de ações, na sigla em português), em busca de recursos para financiar crescimento orgânico e via aquisições.

Criada em 2001 e com 2,5 mil funcionários, a Clear Sale tem operação maior na autenticação de pagamentos de compras online feitas com cartão de crédito e na autenticação de identidade online.

O documento também revela que a companhia teve receita líquida de R$ 345,6 milhões em 2020, alta de 66% sobre o ano anterior, com a margem Ebitda subindo de 22,2% para 28,4%.

A oferta a ser coordenada por Itaú BBA, Bank of America, BTG Pactual e Santander, também servirá para que atuais acionistas da companhia, incluindo seu fundador e presidente, o ex-atleta olímpico Pedro Paulo Chiamulera, vendam uma fatia no negócio.

Oncoclínicas

A rede de clínicas de tratamento contra o câncer Oncoclínicas pediu ontem (8) registro para realizar um IPO (oferta inicial de ações, na sigla em português), em busca de recursos para financiar planos de expansão.

A operação será conduzida pelo Goldman Sachs, controlador indireto da companhia, além de Itaú BBA, Citi, UBS-BB, Santander e JPMorgan. Fundos de investimento Josephina, que detêm em conjunto mais de 90% da empresa, venderão uma fatia no negócio.

JBS (JBSS3)

A agência Fitch Ratings elevou nesta terça-feira a classificação de risco da companhia brasileira de carnes JBS para ‘BBB-‘, de ‘BB +’, a primeira na escala de grau de investimento, com perspectiva “estável”.

A melhora na avaliação reflete o “forte perfil de negócios da JBS, baixa alavancagem, forte liquidez e geração de fluxo de caixa positivo”, citou a Fitch.

Ainda segunda a agência, os ratings da empresa continuam limitados por sua estrutura de governança corporativa e concentração de propriedade.

A Fitch espera que a alavancagem líquida da JBS permaneça abaixo de 2 vezes em 2021, impulsionada pelo crescimento das vendas e da geração de caixa, como resultado do forte desempenho das operações nos EUA, notadamente em carne bovina.

Os fundamentos da JBS são ainda sustentados pela forte demanda por proteína em geral, especialmente da Ásia, os altos preços da carne bovina, pelo segmento de food service e a recuperação econômica geral.

Ao mesmo tempo, a JBS anunciou que emitiu e precificou uma oferta de US$ 1 bilhão no mercado internacional em títulos ligados à sustentabilidade, que estão atrelados ao compromisso de redução de emissões de gases de efeito estufa pela empresa.

Segundo comunicado ao mercado, as chamadas “Sustainability-Linked Unsecured Senior Notes” foram emitidas pelo valor de face de US$ 98,913, com yield de 3,75% ao ano, cupom de 3,625% ao ano e vencimento em 2032.

BRF (BRFS3)

Os produtores de frango integrados à unidade da BRF de Lucas do Rio Verde (MT), uma das maiores da companhia, decidiram em assembleia paralisar os alojamentos de pintainhos para engorda e abates a partir da próxima segunda-feira (14), em meio a reivindicações por reajustes de preços devido ao aumento de custos, conforme associação local.

Com aumento nas despesas das granjas, como combustíveis e energia elétrica, os integrados solicitam elevação de 10% a 12% no preço pago pelo animal, disse à Reuters o diretor executivo da Appa (Associação de Produtores de Proteína Animal), Pablo Artifon, que também coordena a comissão municipal Cadec, responsável pelas negociações entre o setor produtivo e a companhia.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Vale (VALE3)

A Vale liquidará antecipadamente passivo de cerca de R$ 2,5 bilhões referente ao project finance do CLN (Corredor Logístico de Nacala), que atende a um projeto de carvão em Moçambique, informou a mineradora em comunicado ao mercado ontem (8).

Com a liquidação, prevista para 22 de junho, a companhia disse que terá cumprido todas as condicionantes para a conclusão da compra da participação da Mitsui na mina de carvão de Moatize e no CLN.

O pagamento era necessário uma vez que as condições do project finance não permitiam que a Mitsui vendesse sua participação, segundo explicou a assessoria de imprensa.

Magazine Luiza (MGLU3)

A Magazine Luiza informou a compra da Bit55, plataforma de tecnologia para processamento de cartões de crédito e de débito na nuvem, pelo valor não informado. Segundo a companhia, a aquisição visa complementar os serviços oferecidos pela Hub Fintech.

Apple (AAPL34)

A justiça manteve a pena aplicada pelo Procon-SP, de R$ 7,7 milhões, após a empresa de tecnologia pedir a anulação da punição, alegando que não era responsável pela loja de aplicativos Apple Store.

O juiz Sergio Serrano Nunes Filho, da 1ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, julgou o pedido da Apple improcedente e manteve a sanção aplicada.

Em agosto de 2019, a empresa recebeu a penalidade por disponibilizar em sua loja o aplicativo informações apenas em língua estrangeira. O Código de Defesa do Consumidor prevê que a língua portuguesa é um direito básico.

BTG (BPAC11)

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) aceitou a proposta do BTG e outros cinco executivos, mediante o pagamento de R$ 6,5 milhões. A acusação girava em torno de movimentações manipuladas de units que ocorreram entre novembro de 2015 e janeiro de 2016.

Ao mesmo tempo, na tarde de ontem, o banco precificou seu follow-on a R$ 122,01 por unit. Caso considerado o lote adicional, a companhia pode levantar cerca de R$ 3 bilhões.

PetroRio (PRIO3)

A PetroRio divulgou os dados operacionais de maio e os principais destaques foram: a produção do Campo de Polvo ficou reduzida devido a limitações no processamento de água no FPSO Polvo. Este FPSO, afretado ao Campo e operado pela BW, está previsto para ser desmobilizado em julho, com a conclusão do tieback entre Polvo e Tubarão Martelo e a produção do Campo de Frade no mês de maio foi impactada por uma parada programada para manutenção no FPSO Frade, finalizada em 7 de maio.

Vale lembrar que em 5 de novembro de 2020, a PetroRio anunciou a alienação de sua participação de 10% no Campo de Manati e está aguardando o cumprimento de condições precedentes para a conclusão da transação

Cyrela (CYRE3)

A Cyrela destinou montante total de R$ 418 milhões, equivalente a R$ 1,0872 por ação, para o pagamento de dividendos. Tendo em vista a base acionária da Companhia na data-base de 23 de abril, o pagamento ocorrerá em 14 de junho.

Copel (CPLE6)

A Copel informou que recebeu da LSV Asset Management, em nome de alguns de seus fundos e contas administradas, uma carta informando que aumentou sua participação para 84 milhões de ações preferenciais classe B, representando aproximadamente 5,04% do total de ações emitidas pela companhia.

Lavvi (LAVV3)

A Lavvi Empreendimentos Imobiliários anunciou o lançamento do empreendimento Villa Versace, na região de Moema, em São Paulo. Serão ofertadas 409 unidades, distribuídas entre residenciais de 150 m² a 220 m². O Villa é o primeiro lançamento da Lavvi em 2021, e o de maior magnitude da história da Companhia. Com um VGV (valor geral de vendas) bruto de R$708 milhões.

Eternit (ETER3)

A Eternit, que está em Recuperação Judicial informou que o valor subscrito no terceiro rateio de sobras foi de R$ 227 mil, referente a 25 mil ações ordinárias precificadas a R$ 10,89.

O Conselho de Administração também aprovou a homologação do aumento de capital, que resultou, na emissão de 10 milhões ações ordinárias, totalizando um aumento de R$ 110 milhões.

Valid (VLID3)

A Valid informou que concluiu o processo de captação de recursos através da 8ª emissão de debêntures, que teve os bancos Itaú BBA, Bradesco BBI, UBS BB, Santander e ABC Brasil como coordenadores.

A referida emissão garantiu a entrada de R$ 530 milhões de recursos no caixa da empresa e representou a etapa final no equacionamento da estrutura de capital da empresa programado para o ano de 2021.

Grupo Mateus (GMAT3)

O Grupo Mateus atualizou o plano de expansão em maio e informou que Tianguá foi a escolhida para receber a primeira operação cearense. Com aproximadamente 76 mil habitantes, a cidade recebeu um Mix Atacarejo, que conta com uma área de vendas de pouco mais de 4.000 m² e uma oferta de cerca de 10 mil produtos, além dos serviços de peixaria, açougue, padaria, frios e hortifrúti.

Enauta (ENAT3)

A Enauta informou a produção de maio e o Campo de Atlanta atingiu em maio 15,1 mil bbl por dia, levando a produção média diária acumulada de 2021 para 7,4 mil bbl. Atualmente, dois poços estão em produção e o retorno do terceiro poço está programado para julho deste ano. A companhia informou que, para retornar à produção de cada um dos poços, é necessária a parada da planta de processo por cerca de dois a três dias para a conexão dos aquecedores aos poços produtores.

GOL (GOLL4)

A GOL Linhas anunciou a aquisição da MAP Transportes Aéreos, empresa aérea brasileira com rotas para destinos regionais e do Aeroporto de Congonhas em São Paulo. A MAP será adquirida por R$ 28 milhões em dinheiro e ações e a GOL assumirá até R$100 milhões de compromissos financeiros da MAP.

Segundo a empresa, “essa operação reflete o compromisso contínuo da companhia em expandir a demanda brasileira por transporte aéreo, em linha com o que sua administração entende ser uma oportunidade diferenciada para consolidação racional no mercado local, à medida que a economia do país se recupera da Covid-19.”

Petrobras (PETR4)

A Petrobras comunicou o resultado da oferta de recompra de títulos globais efetuada pela sua subsidiária integral Petrobras Global Finance.

O montante total ofertado pelos investidores excedeu o limite de US$ 2,5 bilhões previamente estabelecido na oferta de recompra. Dessa maneira, o volume ofertado para alguns dos títulos não foi aceito, de acordo com os termos da operação.

O volume de principal validamente entregue pelos investidores, excluindo juros capitalizados e não pagos, foi de US$ 2,1 bilhões. Adicionalmente, há um montante equivalente a US$ 21 milhões ainda sujeito à validação de acordo com os termos da oferta.

CSN (CSNA3)

De acordo com o Valor, a CSN está com negociações avançadas para compra da Cimento Elizabeth, que tem fábrica no Estado da Paraíba. Segundo, o valor da operação pode variar de US$ 200 milhões a US$ 250 milhões.

(Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).