Forbes Radar: Smartfit, 3Tentos, Hypera Pharma, JHSF e outros destaques corporativos

No Forbes Radar de hoje (29), investidores que tiverem interesse em ações da Smartfit e Companhia Brasileira de Alumínio podem reservar ativos em suas corretoras a partir desta terça-feira. Ao mesmo tempo, A 3Tentos deu início ao IPO e pode levantar cerca de R$ 1,9 bilhão e a Multilaser pode captar o montante de R$ 2 bilhões.

No universo das privatizações, o banco de investimentos BR Advisory Partners ganhou o mandato para estabelecer o preço mínimo para as ações da Eletrobras, e a Equatorial Energia assumirá uma dívida de R$ 800 milhões da CEA (Companhia de Eletricidade do Amapá).

Veja estes e outros destaques corporativos do dia:

JP Morgan (JPMC34)

O banco norte-americano JPMorgan Chase anunciou ontem (28) a compra de 40% de participação no C6 Bank, instituição financeira brasileira. O investimento está sujeito a aprovações regulatórias e as empresas não divulgaram os valores da transação.

Segundo a agência de notícias Bloomberg, os termos da venda preveem que o JP Morgan pode comprar 100% do banco brasileiro no futuro, a depender da evolução dos negócios.

A compra deve acelerar o crescimento do C6 Bank e complementar a estratégia internacional para varejo do JP Morgan. Em nota enviada à imprensa, Sanoke Viswanathan, CEO de Varejo Internacional do JPMorgan Chase, se refere ao C6 Bank como um dos bancos digitais que mais crescem no Brasil.

“Admiramos a estratégia e a gestão do C6 Bank. Com uma plataforma impressionante de produtos e serviços, eles estão bem posicionados para manter a trajetória de crescimento e construir uma grande franquia”, afirma o CEO.

Em dezembro de 2020, o C6 Bank se tornou empresa unicórnio, com valor de mercado fixado em R$ 11,3 bilhões (US$ 2,1 bilhões), após rodada de financiamento. Mais cedo, no primeiro trimestre do último ano, o banco registrou prejuízo líquido de R$ 109,8 milhões, apesar de encerrar o período com R$ 2,3 bilhões em ativos. Lançado em 2019, a instituição possui sete milhões de clientes na sua plataforma digital.

Banco do Brasil (BBAS3)

O Banco do Brasil assinou ontem (28) um acordo com o NDB (Novo Banco de Desenvolvimento), como é chamado o banco dos Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), para captar recursos no exterior visando liberar montantes para investimentos na agricultura brasileira.

“Vamos assinar uma parceria com o NDB… para recursos de longo prazo que podem chegar a até R$ 1,5 bilhão, para a construção de silos e armazéns, irrigação e energia renovável”, disse o presidente do BB, Fausto Ribeiro, durante cerimônia sobre a atuação do banco no Plano Safra.

Equatorial Energia (EQTL3)

A Equatorial Energia assumirá uma dívida de R$ 800 milhões da CEA (Companhia de Eletricidade do Amapá), ao adquirir a companhia em um leilão de privatização realizado na última sexta-feira (25), disse ontem (28) o diretor financeiro, Leonardo Lucas.

Antes da aquisição, a CEA tinha uma dívida de R$ 3,115 bilhões, sendo R$ 2,092 bilhões com fornecedores. No entanto, após uma renegociação que envolveu órgãos de governo, a parcela devida a fornecedores foi reduzida em R$ 1,5 bilhão.

Um outro montante de R$ 772 milhões, referentes a RGR (encargo do setor elétrico), foi reduzido integralmente, segundo o executivo.

Do total de R$ 800 milhões assumidos, cerca de R$ 600 milhões serão devidos a fornecedores, dos quais R$ 250 milhões serão pagos agora e o restante parcelado em 24 vezes ao custo de CDI + 2,70% ao ano, explicou Lucas.

Eletrobras (ELET6)

O banco de investimentos BR Advisory Partners ganhou o mandato para estabelecer o preço mínimo para as ações da Eletrobras, segundo uma fonte com conhecimento do assunto.

A Eletrobras deve ser privatizada por meio de uma oferta de ações que diluirá a participação do governo federal, e a transação deve ser executada pelo BNDES.

O banco deve determinar um preço mínimo para as ações com base nos cálculos do banco de investimento, afirmou a fonte, na condição de anonimato.

O BR Partners não comentou o assunto.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Facebook (FBOK34)

Um juiz dos Estados Unidos indeferiu um processo antitruste da FTC (Comissão Federal de Comércio norte-americana, na sigla em inglês) contra o Facebook ontem (28) e disse que uma nova reclamação deveria ser apresentada até 29 de julho.

As ações do Facebook subiram mais de 3% após a publicação da decisão.

O juiz James Boasberg, do Tribunal Distrital dos EUA para o Distrito de Columbia, disse que a FTC não conseguiu demonstrar que o Facebook tinha poder de monopólio no mercado de redes sociais.

Ford (FDMO34)

A Ford anunciou ontem (28) que sua empresa de serviços financeiros, Ford Credit, vai encerrar operações no Brasil e Argentina.

Como resultado, a unidade vai registrar um encargo contábil de até US$ 375 milhões.

Smartfit (SMFT3)

Começou hoje (29) a reserva de ações da Smartfit. O intervalo indicativo de preço por ação entre R$ 20 e R$ 25. O preço será fixado em 12 de julho e a operação pode levantar quase R$ 3,4 bilhões. O prazo acaba em 9 de julho e a companhia tem estreia prevista para 14 de julho.

Companhia Brasileira de Alumínio (CBAV3)

Hoje (29) também é o primeiro dia para reservar ações da Companhia Brasileira de Alumínio. O intervalo indicativo de preço por ação entre de R$ 14 e R$ 18. A empresa pode levantar cerca de R$ 2 bilhões e o preço será fixado em 13 de julho. O prazo acaba em 12 de julho e tem estreia prevista para 15 de julho.

Multilaser (MLAS3)

Multilaser divulga calendário de IPO e a reserva de ações ocorrerá entre 2 e 14 de julho. O preço do ativo será definido em 15 de julho e a estreia está prevista para 19 de julho.

A faixa de preço sugerida para a ação vai de R$ 10,80 a R$ 13,00. Considerando o preço médio de R$ 11,90, e a oferta-base de 172 milhões, a operação pode levantar cerca de R$ 2 bilhões.

A operação poderá ser acrescida de lotes adicional de até 20% do total e até 15% no suplementar.

3Tentos (TTEN3)

A 3tentos deu início ao IPO e a operação foi reduzida em 25%, além de ter esforços restritos de distribuição. A faixa definida ficou entre R$ 11,75 e R$ 13,75. Considerando o ponto médio de R$ 12,75, e a oferta-base de 109,8 milhões de ações, a empresa deverá movimentar R$ 1,4 bilhão. Se os lotes adicional e suplementar forem exercidos, a oferta alcançará R$ 1,9 bilhão.

A definição do preço dos papéis está marcada para 7 de julho e a estreia está prevista para 12 de julho.

Notre Dame Intermédica (GNDI3)

A Notre Dame Intermédica informou que João Alceu Amoroso Lima assumirá como novo vice-preisdente ambiental, social e governança, substituindo Anderlei Gerhardt Buzelli.

Arezzo (ARZZ3)

A Arezzo aprovou o valor bruto de R$ 29 milhões paga o pagamento de JCP (juros sobre capital próprio) e o pagamento de R$ 2 milhões em dividendos.

O pagamento dos JCP terá como beneficiários os acionistas que estiverem inscritos nos registros da Companhia na data de 01 de julho e será pago o valor bruto de R$ 0,29865 por ação.

Já os dividendos será R$ 0,02592 por ativo.

Hypera Pharma (HYPE3)

A Hypera aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio de R$ 0,30817, equivalente ao montante total bruto de R$ 194 milhões.

JHSF (JHSF3)

A JHSF concluiu a captação da 10ª Emissão de Debêntures, levantando o montante total de R$ 100 milhões, com remuneração anual equivalente a 100% do CDI+1,45%, pelo prazo total de dois anos.

Suzano (SUZB3)

A Suzano precificou a oferta de títulos de dívida para colocação no mercado internacional pela subsidiária integral Suzano Austria GmbH, no valor de US$ 1 bilhão, com yield de 3,280% ao ano e cupom de 3,125% ao ano, a serem pagos semestralmente, nos dias 15 dos meses de janeiro e julho de cada ano, a partir de 15 de janeiro de 2022.

As Notes possuem indicador de performance ambiental associado a uma meta de redução no consumo de água até o final de 2026, e uma meta de aumento da representatividade de mulheres ocupando posição de liderança na Companhia até o final de 2025.

As Notes não foram e nem serão registradas perante a Comissão de Valores Mobiliários. As Notes não podem ser ofertadas ou vendidas no Brasil, exceto em circunstâncias que não constituam uma oferta pública ou uma distribuição não autorizada nos termos da legislação e regulamentação brasileiras.

Neoenergia (NEOE3)

A Neoenergia pagará cerca de R$ 170,7 milhões em juros sobre o capital próprio, a um valor por ação de R$ 0,1406397677.

Ambipar (AMBP3)

A Ambipar comprou os 50% remanescentes da chilena SuaTrans, especializada no atendimento a emergências ambientais em todos os modais de transporte (marítimo, rodoviário, ferroviário, dutoviário e aéreo).

Segundo o Valor Econômico, o diretor de RI da Ambipar, Fábio Castro, disse que o valor da operação é de 8 vezes o EV/Ebitda, ou R$ 100 milhões.

O dono da fatia remanescente da Satrans era o fundo de private equity Australis.

Braskem (BRKM5)

O prazo para recebimento das propostas iniciais de compra da Braskem, que se encerraria na próxima quarta-feira (1º), foi estendido até o dia 9 de julho a pedido de potenciais compradores da petroquímica controlada pela Novonor (antiga Odebrecht).

(Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).