Forbes Radar: Vale, CCR, Magazine Luiza, Light, B3 e outros destaques corporativos

No Forbes Radar de hoje (30), empresas ampliam suas posições no mercado. A Magazine Luiza informou que irá lançar 23 lojas no Estado do Rio de Janeiro na próxima semana, a Ambipar comprou a EMS Environmental nos Estados Unidos e chega a 8 estados norte-americanos e a Bahema Educação ampliou seu posicionamento em Santa Catarina com a compra de três escolas da Ânima por R$ 36 milhões.

Nesta manhã, as companhias também divulgam o pagamento de dividendos e JCP (juros sobre capital próprio). A BR Properties aprovou o montante de R$ 23 milhões para o pagamento de dividendos, enquanto a B3 informou que o valor pago por ação em relação aos dividendos mudou de R$ 0,16842617 para R$ 0,16854380.

Veja estes e outros destaques corporativos do dia:

Klabin (KLBN11)

A Klabin informou ontem (29) que seu conselho de administração aprovou 23 projetos especiais e expansões de capacidade em suas instalações que devem consumir investimentos totais de R$ 342 milhões entre este ano e 2022.

Do total orçado, 125 milhões serão desembolsados este ano e o restante será em 2022, afirmou a fabricante de papel para embalagens e celulose.

Segundo a companhia, a maior parte dos recursos dos projetos será aplicado em aumento de capacidade de conversão de papéis em embalagens. Com isso, as fábricas da empresa em Betim (MG) e Goiana (PE) receberão duas novas impressoras e a unidade fabril da empresa em Lages (SC) terá uma nova linha de sacos “para miscelânea”.

Vale (VALE3)

A mineradora brasileira Vale informou ontem (29) que vai investir US$ 121,15 milhões para estender as atuais atividades de mineração em Thompson, província de Manitoba, no Canadá em 10 anos.

“Este é o maior investimento individual que fizemos em nossas operações em Thompson nas últimas duas décadas”, disse o vice-presidente executivo de metais básicos da Vale, Mark Travers, em um comunicado.

A empresa disse que a expansão da mina de Thompson é um projeto de duas fases e que o anúncio de investimento representa a fase 1. Esta primeira etapa inclui infraestrutura, como novos elevadores de ventilação e ventiladores, aumento da capacidade de aterramento e distribuição de energia adicional.

A Vale espera que as mudanças aumentem a produção atual em 30%.

Locaweb (LWSA3)

A Locaweb integrou ontem (29) sua plataforma de vendas online Tray ao Facebook para ampliar as vendas de varejistas clientes na rede social.

A nova interface permitirá que o empreendedor que possui uma loja associada à Tray liste seus produtos no Facebook e no Instagram.

Facebook (FBOK34)

Organizações do governo alemão têm até o fim do ano para fechar suas páginas de Facebook, após o comissário de proteção de dados do país descobrir que a rede social não mudou suas práticas para cumprir as leis de privacidade da Alemanha e da União Europeia.

Em uma carta para agências e departamentos do governo no começo deste mês, o comissário Ulrich Kelber disse que o Facebook não havia oferecido uma maneira para que instituições administrassem páginas, às quais os usuários se inscrevem clicando em “like”, em conformidade com a UE.

Kelber acrescentou que os aplicativos Clubhouse, TikTok e o Instagram, também do Facebook, parecem ter deficiências semelhantes e recomendou que as organizações do governo parem de usá-los até que seu inquérito seja concluído.

Representantes de Facebook, Clubhouse e TikTok não responderam a pedidos de comentários.

A página oficial de Facebook do governo alemão tem mais de um milhão de seguidores, e a plataforma tem sido uma ferramenta cada vez mais importante para alcançar cidadãos que atualmente são menos propensos a acompanhar veículos de imprensa de massa, nos quais o governo coloca suas propagandas.

Kelber afirmou que é impossível administrar uma página de uma maneira em que os dados pessoais dos seguidores não sejam transmitidos aos Estados Unidos. Sob a lei europeia, dados pessoais podem deixar os países do bloco apenas para uma jurisdição que tenha regras tão rígidas de proteção de dados, o que não é o caso dos EUA.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Microsoft (MSFT34)

A Wejo, uma startup britânica de dados automotivos apoiada pela General Motors, disse nesta terça-feira que a Microsoft e a seguradora Sompo Holdings vão investir US$ 25 milhões na empresa.

O investimento ocorre no momento em que a Wejo se prepara para abrir o capital no final deste ano, por meio de uma fusão reversa com a Virtuoso Acquisition. O negócio foi anunciado no mês passado e avaliou a startup em US$ 800 milhões, incluindo dívidas.

A Microsoft e a Sompo se juntam à General Motors e à empresa de análise de dados Palantir Technologies como parte do financiamento de investimento privado da Wejo, que agora é de US$ 125 milhões.

A Wejo, sediada em Manchester, organiza dados de quase 11 milhões de veículos conectados à internet para clientes como GM, Hyundai Motor e Daimler.

CCR (CCRO3)

A CCR assinou ontem (29) a acordo preliminar sobre disputas judiciais com o Estado de São Paulo envolvendo aditivos de concessões acertados em 2006. Pelo acordo, controladas da companhia se comprometeram com pagamento total de R$ 1,2 bilhão ao governo paulista.

O pagamento, dividido em R$ 352 milhões pela AutoBAn, R$ 263 milhões pela SPVias e R$ 585 milhões pela ViaOeste, deverá ocorrer em 15 dias.

Segundo a CCR, o acordo prevê encerramento das ações judiciais envolvendo os contratos aditivos e confirma prazo da concessão das rodovias dos Bandeirantes e Anhnaguera até o final de janeiro de 2037.

O acordo preliminar estabelece que a agência reguladora estadual Artesp terá nove meses para confirmar os cálculos de reequilíbrio econômico das concessões da CCR antes da assinatura de um acerto definitivo.

A CCR afirmou que o acordo prevê também “a redução da taxa interna de retorno (TIR) contratual nos cálculos dos desequilíbrios que lhes são desfavoráveis”. Além disso, para o cálculo da recomposição do equilíbrio da concessão da AutoBAn, “serão adotadas reduções das TIRs” para os eventos de desequilíbrio ocorridos depois do acerto dos contratos de 2006, “em substituição às taxas pactuadas originalmente no contrato de concessão”.

A companhia também afirmou que a ViaOeste se comprometeu a realizar novos investimentos que serão passíveis a reequilíbrio da concessão a depender da avaliação da Artesp.

Ambipar (AMBP3)

Pelo terceiro dia consecutivo, a Ambipar realizou uma aquisição. A companhia comprou a EMS Environmental, que atua há 32 anos na prestação de serviços com foco em emergências ambientais e remediação de solo norte-americano. O valor da transação não foi informado.

Com a aquisição, a companhia chega aos estados de Nova Iorque, Pennsylvania e Carolina do Norte. A Ambipar chega a 16 bases na América do Norte, localizadas em 8 estados nos Estados Unidos.

Braskem (BRKM5)

A Braskem convocou uma asssembleia geral extraordinária, que visa a aprovação da reforma do estatuto social da companhia. A mudança no estatuto permitirá a transformação do atual Comitê de Conformidade em Comitê de Conformidade e Auditoria Estatutário.

Ânima (ANIM3) e Bahema Educação (BAHI3)

A Ânima anunciou nesta terça-feira venda de três escolas em Santa Catarina para a Bahema Educação, em uma operação que incluiu compromisso de sublocação de espaços em campi da companhia de ensino superior.

O preço de venda acertado das Escolas Internacionais de Florianópolis e de Blumenau e do Colégio Tupy, em Joinville, é de R$ 36,45 milhões.

O compromisso da Bahema de sublocação de espaços nos campi de ensino superior da Ânima em Joinville, Blumenau e Florianópolis envolve a abertura de escolas da própria Bahema. O valor a ser pago por ano é de R$ 816 mil, corrigidos por IPCA. O prazo mínimo é de 10 anos.

Além destes espaços, a Bahema também tem que locar espaços em outros campi da Ânima. “Estima-se, em um cenário base, a sublocação de 15 espaços adicionais, a um valor presente líquido R$ 54,27 milhões, considerando fluxo dos 20 primeiros anos dos contratos de locação”, afirmou a Ânima em comunicado ao mercado.

“Caso a Bahema não subloque ao menos cinco outros espaços nas instituições de ensino superior da Ânima Educação até 2025, será devida uma multa de R$ 1 milhão para cada espaço que deixar de ser sublocado”, acrescentou a companhia.

Magazine Luiza (MGLU3)

Magazine Luiza informou que abrirá cerca de 23 lojas na semana que vem pela primeira vez no Rio de Janeiro. Até o fim do ano, serão 50 aberturas no Estado. A data não foi informada para que não ocorra aglomeração.

Localiza (RENT3)

O Ministério Público Federal (MPF) celebrou ontem um acordo de leniência com a controlada Car Rental da Localiza. A empresa não terá que pagar nada além dos R$ 750 mil já pagos após a celebração do acordo com a CGU (Controladoria-Geral da União) e a AGU (Advocacia-Geral da União).

Segundo o Valor Investe, o acordo diz respeito a práticas de terceiros contratados, antes da aquisição da empresa pela Localiza, que ocorreu em 2017.

Cielo (CIEL3)

A Cielo divulgou um relatório que apresenta as realizações e acontecimentos ocorridos ao longo do ano de 2020, incluindo a evolução do desempenho econômico-financeiro, ambiental e social do negócio, além de oferecer uma ampla visão estratégica da companhia.

BR Properties (BRPR3)

A BR Properties aprovou o montante de R$ 23 milhões para o pagamento de dividendos, sendo R$0,0492412 por ação. O pagamento ocorrerá em 30 de junho.

Light (LIGT3)

A Light informou que suas subsidiárias Light Serviços de letricidade e Light Energia tiveram suas classificações de risco de crédito local reafirmadas pela Moody’s em “A+.br”, com perspectiva positiva.

B3 (B3SA3)

A B3 informou que o valor pago por ação em relação aos dividendos mudou de R$ 0,16842617 para R$ 0,16854380, e a companhia também anunciou o valor bruto destinado ao JCP (juros sobre capital próprio) de R$ 0,04607482 para R$ 0,04610700.

Eletrobras (ELET6)

A Eletrobras informou que ocorreram as assembleias da Eletronorte e da Amazonas GT, tendo sido aprovada a incorporação da Amazonas GT pela Eletronorte. Os efeitos da incorporação se darão a partir do dia 01 de julho de 2021.

Ao mesmo tempo, a Eletrobras informou que a subsidiária Eletrobras Termonuclear realizou sessão pública para a abertura das propostas da licitação para os serviços de obras civis e de parte da montagem eletromecânica, previstas no Plano de Aceleração do Caminho Crítico da Usina nuclear de Angra 3.

O proponente melhor classificado deverá apresentar os documentos de habilitação para serem verificados, motivo pelo qual não será divulgado, ainda, o nome do primeiro colocado. Após o término dessa análise, será agendada nova sessão para informar o resultado aos licitantes e abrir prazo para recursos. Caso o proponente mais bem classificado seja inabilitado, será convocado o segundo colocado para apresentar sua documentação.

Copasa (CSMG3)

A Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) informou que a Arsae MG (Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais) definiu a revisão tarifária da companhuia.

O efeito tarifário médio, a ser aplicado sobre as tarifas vigentes é de -1,52%, cuja aplicação será a partir de 1º de agosto.

3R Petroleum (RRRP3)

A 3R Petroleum informou que contratou o Banco Itaú, Banco BTG e a XP para atuarem em conjunto como coordenadores de uma potencial captação de recursos no valor de R$ 1,6 bilhão no mercado de renda fixa.

Caso o valor total seja levantado, ele será dividido em: otimização da estrutura de capital da Companhia, incluindo o pré-pagamento de dívida existente; realização de investimentos nos ativos de seu portfólio; e aquisição de ativos adquiridos da Petrobras.

Enauta (ENAT3)

A Enauta informou comunicou que nos contratos de concessão dos blocos arrematados no 2º ciclo da oferta permanente da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), realizado em 4 de dezembro de 2020, a companhia adquiriu 30% de participação em quatro blocos terrestres PAR-T-86, PAR-T-99, PAR-T-196 e PAR-T-215, na Bacia do Paraná, em parceria com a Eneva, por R$ 2,1 milhões e a Enauta desembolsará R$ 633 mil nos próximos dias.

Segundo a empresa, “a aquisição destes quatro blocos marca a entrada da Enauta na Bacia do Paraná, considerada área de fronteira pela baixa quantidade de atividades exploratórias já realizadas na região, permitindo que companhia esteja bem posicionada para captar novas possibilidades de negócios. A Enauta aproveitou essa janela de oportunidade para, com baixo compromisso financeiro, diversificar sua base de ativos.”

BB Seguridade (BBSE3)

A BB Seguridade comunicou que Marcio Hamilton Ferreira apresentou um pedido de renúncia aos cargos de diretor-presidente e de membro do conselho de administração.

(Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).