Ibovespa abre em alta com exterior misto e decisões de juros no radar

O Ibovespa abriu em alta hoje (14), com avanço de 0,58%, a 130.185 pontos, após terminar a última sessão em baixa, influenciado pelos setores ligados à reabertura doméstica. Os mercados doméstico e internacional estão de olho na Super-Quarta, quando importantes decisões de política monetária serão divulgadas no Brasil e nos Estados Unidos. A antecipação do calendário de vacinação em São Paulo em mais de um mês favorece o bom humor e as expectativas de reabertura.

Às 10h10, o dólar caia a 0,78%, a R$ 5,088. A moeda cede terreno frente ao real em momento que o mercado antecipa as reuniões de política monetária, amanhã (15) e quarta-feira (16), aqui e nos EUA.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

O Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central, elevou ainda mais a perspectiva de aperto monetário deste ano. A expectativa para a taxa Selic para o fim de 2021 foi de 5,75% na semana anterior para 6,25%. A alta no IPCA, antes calculada em 5,44% para o fim do ano, passou a 5,82%. A expectativa do PIB (Produto Interno Bruto) para este ano também foi elevada, dos 4,36% na semana anterior para 4,85% hoje. Com relação à taxa de câmbio, a expectativa também cresceu a 5,30%, ante 5,18% na semana anterior.

Mais cedo, o IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central), considerado uma prévia do PIB, teve alta de 0,44% em abril na comparação com o mês anterior, abaixo da expectativa do mercado de avanço de 0,55% no período. Na comparação com abril de 2020, o índice teve salto de 15,92%, apresentando queda de 1,20% no acumulado em 12 meses.

Os índices futuros das Bolsas norte-americanas indicam abertura mista, com o mercado já em compasso de espera pela Super-Quarta, quando o Fomc (Comitê Federal do Mercado Aberto) do banco central norte-americano irá divulgar decisão de política monetária, e poderá demonstrar se a autarquia ainda considera a inflação no país um fenômeno transitório.

“Todos os investidores americanos têm fé de que o BC irá manter a política ultra estimulativa, ou seja, os juros perto de zero e a injeção de US$ 120 bilhões por mês na economia americana”, explica Pablo Spyer, diretor da EQI Investimentos.

Os líderes da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) devem rotular a China como um risco de segurança à aliança ocidental em reunião hoje, um dia depois de o G7 emitir um comunicado sobre os direitos humanos na China e Taiwan, o qual Pequim disse ter difamado sua reputação.

As ações europeias operam em leve alta, com os investidores aguardando a decisão nos EUA, além de reagir aos resultados acima do esperado da produção industrial na Zona do Euro em abril, que aumentou 0,8% no comparativo mensal e cresceu 39,3% na base anual.

O Stoxx 600 opera em alta de 0,12%. Na Alemanha, o DAX sobe 0,14%; enquanto o CAC 40 valoriza 0,05% na França. Na Itália, o FTSE MIB é negociado em alta de 0,06%; e o FTSE 100 avança 0,15% no Reino Unido.

Os mercados asiáticos fecharam com leves altas hoje, apesar de feriados na China e em Hong Kong, que limitaram a liquidez. No Japão, o índice Nikkei cresceu 0,74%, após o índice de produção do país, ajustado sazonalmente, subir 2,9% em abril frente a março.

As altas das commodities são mais um fator que favorece as altas dos índices. O minério de ferro Qingdao fechou em alta de 0,69%. Os preços do petróleo também operam no azul, com o Brent avançando 0,94% perto das 9h30, e o WTI, 0,97%.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).