Maior Boeing 737 MAX se prepara para voo inaugural

Boeing/Divulgação
Boeing/Divulgação

Estreia do Boeing 737 MAX acontece em meio a recuperação da fabricante norte-americana, que passou por longa paralisação após duas quedas fatais

A Boeing se prepara para fazer hoje (18) o voo inaugural do maior integrante da família de aviões 737 MAX, em um passo para se recuperar dos meses de paralisação da frota de um modelo menor da aeronave.

O primeiro voo do 737 MAX 10 está programado para ocorrer às 14h (horário de Brasília) na região de Seattle. A aeronave ainda vai passar por meses de testes e certificação antes de entrar em serviço em 2023.

LEIA MAIS: Itapemirim vira companhia aérea e aposta em rotas integradas para retomar tempos de glória

Diferente da habitual festa que marca primeiros voos de aeronaves, o evento do 737 MAX foi deliberadamente mantido discreto, uma vez que a Boeing tenta superar crises seguidas causadas pela paralisação de 20 meses da frota menor da família após duas quedas que mataram centenas de pessoas.

O avião de 230 lugares é projetado para reduzir o espaço entre o 737-9, capaz de levar entre 178 e 220 passageiros, e o A321neo, da Airbus, que domina o mercado de aviões de corredor único e tem capacidade para 185 a 240 assentos.

Porém, a oportunidade de mercado para o 737 MAX 10 é restringida pelo alcance da aeronave de 3.300 milhas náuticas (6.100 quilômetros), menor que as 4 mil milhas do A321neo.

O voo de hoje (18) também vai mostrar uma versão modernizada do sistema de pouso, em meio à batalha da indústria para conseguir o máximo de alcance possível da atual geração de jatos de corredor único.

A aeronave eleva a altura do trem de pouso durante decolagens e pousos, um design necessário para compensar o comprimento adicional do MAX 10 e evitar que o avião raspe a cauda na pista durante a decolagem. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).