Méliuz avalia oferta subsequente de ações

Divulgação
Divulgação

O CEO do Méliuz Israel Salmen

A administradora de programas de fidelidade Méliuz anunciou ontem (18) que avalia realizar uma oferta pública primária e secundária subsequente de ações.

Por meio de fato relevante, a empresa explicou que a oferta será com esforços restritos, em condições similares às de sua oferta inicial de ações (IPO), e que nomeou BTG Pactual e Itaú BBA para coordenarem a possível operação.

VEJA TAMBÉM: “O brasileiro sabe o que quer, mas não onde comprar”, avalia Luciano Valle, diretor de RI do Méliuz

A companhia sediada em Minas Gerais fez sua estreia na bolsa paulista em novembro passado, com uma oferta inicial de ações, na qual levantou cerca de R$ 370 milhões para ampliar seu marketplace, serviços financeiros e para aquisições de empresas. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).