Dow faz previsão de vendas otimista com demanda por reabertura de economias

A fabricante norte-americana de produtos químicos Dow Inc previu receita acima do esperado no atual trimestre, apostando no aumento da produção industrial e do gasto maior dos consumidores em um momento de recuperação das economias.

A companhia também superou expectativas para lucro e receita no segundo trimestre, em meio a contínuos aumentos de preços dos produtos químicos incentivados por forte demanda e estoques reduzidos.

LEIA MAIS: Forbes Radar: WDC, Netflix, Privalia, Whirlpool e outros destaques corporativos

A Dow afirmou que espera receita líquida no terceiro trimestre de entre US$ 13,75 bilhões e US$ 14,25 bilhões, bem acima da expectativa média de US$ 12,64 bilhões do mercado, segundo dados da Refinitiv.

“Olhando adiante, esperamos força adicional do resultado diante da contínua melhoria nos gastos dos consumidores, viagens internacionais e produção industrial”, disse o presidente-executivo da Dow, Jim Fitterling.

Os preços de químicos no segundo trimestre subiram 16% em relação ao período anterior e os volumes cresceram 1% apoiados em demanda de setores de infraestrutura, indústria e cuidados pessoais.

O lucro líquido subiu para US$ 1,9 bilhão, ou US$ 2,51 por ação, nos três meses encerrados no final de junho ante US$ 991 milhões (ou US$ 1,32 por papel) no primeiro trimestre.

O lucro líquido ajustado correspondeu a US$ 2,72 por ação, superando expectativa média do mercado, de US$ 2,45, segundo dados da Refinitiv.

A receita líquida também superou expectativas, somando US$ 13,89 bilhões ante US$ 13,07 bilhões esperados por analistas, em média. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).