Forbes Radar: Agrogalaxy, Intel, Petrobras, Armac e outros destaques corporativos

No Forbes Radar de hoje (23), a Agrogalaxy precificou o IPO a R$ 13,75 por ação e levantou R$ 350 milhões, a Magazine Luiza realizará um follow-on que arrecadará o montante de aproximadamente R$ 4 bilhões e nesta sexta-feira termina o período de reserva de papéis da Armac e da Traders Club.

Dando sequência a temporada de balanço no exterior, a rede social Twitter teve lucro líquido de US$ 66 milhões no segundo trimestre, revertendo o prejuízo de US$ 1,378 bilhão em igual período no ano passado.

Veja estes e outros destaques corporativos do dia:

Southwest Airlines (S1OU34)

A receita operacional da Southwest, que é mais focada em viagens dentro dos EUA, disparou quase 300%, para US$ 4 bilhões em relação ao ano passado e ficou também acima do esperado, embora ainda represente uma queda de 32% ante o nível de 2019.

A companhia reportou lucro líquido de US$ 348 milhões, ou US$ 0,57 por ação. Excluindo itens, teve prejuízo líquido de US$ 206 milhões no segundo trimestre ante US$ 1,5 bilhão um ano antes.

Tanto American quanto Southwest chamaram pilotos e atendentes de bordo de volta e planejam elevar contratações para atenderem à rápida volta da demanda, o que tem ajudado a posição de caixa das empresas.

Agrogalaxy (AGXY3)

A varejista de insumos agrícolas Agrogalaxy informou ontem (22) que precificou seu IPO (oferta pública inicial de ações) a R$ 13,75 por ação, no piso da faixa indicativa que ia até R$ 16,50.

A empresa chegou a tentar o IPO mais cedo neste ano. Na ocasião, a faixa indicativa havia sido definida entre R$ 15 e R$ 20 por papel.

A operação resultou em uma emissão de cerca de 25,5 milhões de ações e um aumento de capital de aproximadamente R$ 350 milhões, informou a companhia em comunicado ao mercado.

Uber (U1BE34)

A Uber Technologies afirmou ontem (22) que sua unidade de caminhões vai comprar a empresa de logística Transplace por cerca de US$ 2,25 bilhões, na expectativa de tornar a divisão lucrativa.

O acordo envolve até US$ 750 milhões em ações da Uber e o restante em dinheiro, afirmou a Uber. A compra está feita da empresa de private equity TPG Capital. A Transplace será comprada pela Uber Freight, unidade de caminhões da companhia.

A Uber Freight opera como intermediária no fragmentado setor de transporte de carga, conectando caminhoneiros aos detentores de carga.

“Esta transação deve acelerar o caminho para a lucratividade da Uber Freight e ajudar a empresa a atingir o equilíbrio financeiro em termos de Ebitda (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado até o final de 2022”, afirmou a Uber.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

Twitter (TWTR34)

O Twitter divulgou ontem (22) um crescimento de receita acima das expectativas de Wall Street, impulsionada por melhorias nas ferramentas de publicidade dirigida. A empresa também afirmou que as mudanças promovidas pela Apple para manter os dados dos usuários dos iPhones privados atingiram seu faturamento menos do que o temido.

As ações da companhia saltaram 7%, para US$ 75, após o fechamento oficial do mercado.

Desde o começo do ano, o Twitter tem corrido para lançar produtos em novas áreas como salas de bate-papo por áudio e publicação de newsletter em um esforço para recuperar anos de estagnação de negócios e atingir a meta de dobrar o faturamento anual até 2023.

A receita com publicidade totalizou US$ 1,05 bilhão, alta de 87% sobre o mesmo trimestre do ano passado, e superou expectativa de US$ 909,9 milhões de Wall Street.

Em termos ajustados, o Twitter teve lucro de US$ 20 centavos por ação, bem acima dos US$ 7 centavos esperados por analistas. A rede social teve lucro líquido de US$ 66 milhões no segundo trimestre, revertendo o prejuízo de US$ 1,378 bilhão em 2020.

Intel (ITLC34)

A Intel elevou previsão de receita anual ontem (23), focando na estratégia dupla de aumentar a produção interna e terceirizar para alcançar rivais.

Uma das poucas da indústria de processadores que projeta e fabrica seus próprios chips, a Intel tem sido capaz de enfrentar os problemas da cadeia de suprimentos melhor do que rivais como Advanced Micro Devices, que terceirizaram a fabricação.

Uma mudança nos modelos de trabalho de negócios em direção à nuvem e operações baseadas em inteligência artificial devido à pandemia também aumentou a demanda por processadores usados ​​em centros de dados e PCs.

“A digitalização de tudo continua a acelerar”, disse Pat Gelsinger, presidente-executivo da Intel.

A Intel disse que agora prevê receita anual ajustada de US$ 73,5 bilhões, ante previsão anterior de US$ 72,5 bilhões e as expectativas dos analistas de US$ 72,8 bilhões, de acordo com dados do Refinitiv IBES.

A receita dos negócios de data center de margem superior caíram 9%, para US$ 6,5 bilhões no segundo trimestre, enquanto sua receita de negócios de computação pessoal aumentou 6%, superando as estimativas da FactSet.

A Intel espera receita ajustada do terceiro trimestre de US$ 18,2 bilhões, ante projeções de US$ 18,1 bilhões. Em uma base ajustada, a empresa lucrou US$ 1,28 por ação no segundo trimestre, em comparação com estimativas de US$ 1,06.

WDC Networks (LVTC3)

O conselho administrativo da WDC Networks definiu o preço do IPO – oferta restrita – a R$ 23,20. A companhia levantará R$ 450 milhões, com a distribuição de 19,4 milhões de ativos.

“R$ 225 milhões serão destinados à conta do capital social da companhia e os outros R$ 225 ficarão como reserva da empresa”, informou a WDC via fato relevante.

Petrobras (PETR4)

A produção de petróleo da Petrobras no Brasil somou 2,226 milhões de barris por dia no segundo trimestre, queda de 0,8% em relação a um ano antes, em meio a um declínio natural de campos e desinvestimentos realizados, apesar do avanço no pré-sal, segundo relatório da companhia publicado.

Na comparação com o primeiro trimestre, no entanto, a produção da companhia cresceu 1,4%, principalmente pelo aumento da produção das plataformas novas P-68, no campo de Berbigão, e P-70, no campo de Atapu, ambas do pré-sal da Bacia de Santos, segundo a empresa.

No primeiro trimestre deste ano, a produção de petróleo da empresa já havia recuado na comparação anual, devido a vendas de ativos e declínio natural de campos maduros.

A produção de petróleo no pré-sal cresceu 6,1% no segundo trimestre na comparação com o mesmo período do ano anterior, e subiu 3,4% em relação ao primeiro trimestre, “devido ao ‘ramp-up’ das plataformas P-68 e P-70, e à estabilização dos níveis de produção das plataformas que realizaram paradas programadas no primeiro trimestre”, segundo a empresa.

“Além disso, registramos melhor performance nas plataformas P-74 e P-76 (campo de Búzios). Esses efeitos foram parcialmente compensados pela parada programada da P-58 (campo de Jubarte).”

A produção total de petróleo e gás natural, no Brasil e no exterior, por sua vez, somou 2,796 milhões de barris de óleo equivalente ao dia (boed) entre abril e junho, queda de 0,2% ante um ano antes e avanço de 1,1% ante os três primeiros meses do ano.

A produção do pré-sal alcançou 1,96 milhão de barris de óleo equivalente, representando 70% da produção total da companhia, um percentual recorde.

Braskem (BRKM5)

A petroquímica Braskem informou ontem (22) que suas vendas de resinas no Brasil de abril a junho caíram 17% em relação ao primeiro trimestre deste ano, enquanto as dos principais produtos químicos recuaram 10%.

A companhia atribuiu a queda à normalização da demanda, à redução de market share, principalmente devido a parada geral de manutenção programada na central petroquímica do ABC (SP) e ao aumento dos volumes de importação.

Em prévia não auditada de resultados operacionais, a empresa afirmou também que suas vendas nos Estados Unidos e na Europa subiram 10% na passagem do primeiro para o segundo trimestre.

Já a produção de eteno da Braskem no Brasil caiu 7% na medição sequencial, mas subiu 9% ante o segundo trimestre de 2020.

Quanto à taxa média de utilização das centrais petroquímicas da companhia, o índice caiu de 82% para 76% do primeiro para o segundo trimestre, mas subiu 93% para 96% na Europa, e ficou estável em 58% no México.

Traders Club (TRAD3)

Termina hoje (23) o período de reserva de ações para pequenos investidores da Traders Club. A companhia definiu o intervalo indicativo de preço por ação entre R$ 9,00 e R$ 11,25. O IPO pode levantar R$ 562,5 milhões, considerando a oferta-base de 55,6 milhões de ativos e o preço médio do intervalo, R$ 10,12.

O preço dos papéis será fixado na próxima segunda-feira (26) e a estreia na bolsa está prevista para a próxima quarta-feira (28).

Armac (ARML3)

Também termina hoje (23) o período de reserva de ações para pequenos investidores da Armac. A empresa definiu o intervalo indicativo de preço por ação entre R$ 13,30 e R$ 16,63. A oferta pode levantar R$ 1 bilhão, considerando a oferta base de 68,5 milhões de ações e o preço médio de R$ 14,96.

O preço será fixado na próxima segunda-feira (26) e a estreia na B3 está prevista para a próxima quarta-feira (28).

BlackRock (BLAK34)

A BlackRock Brasil informou que Karina Saade assumirá o cargo de ‘chairman’ no lugar de Carlos Takahashi.

Carrefour Brasil (CRFB3)

O Carrefour Brasil terá que pagar cerca de R$ 3 milhões em honorários aos advogados que participaram do acordo firmado após a morte de João Alberto Silveira Freitas, homem negro assassinado por seguranças da varejista em Porto Alegre, em novembro.

Dotz (DOTZ3)

No processo do IPO, a Ant Financial comprou 5% da Dotz. Segundo apurações do Valor Econômico, esse valor pode aumentar para 15% até o fim de 2023.

Magazine Luiza (MGLU3)

O conselho administrativo da Magazine Luiza precificou seu follow-on a R$ 22,75, e a distribuição de 175 milhões de ações fará a empresa levantar R$ 3,98 bilhões. A operação será em oferta resitra.

“Em razão do aumento do capital social da companhia no âmbito da oferta, o novo capital social da Magazine Luiza será R$ 10 bilhões, dividido em 6,6 bilhões de ativos”, informou a companhia via fato relevante.

Embraer (EMBR3)

A Eve Urban Air Mobility Solutions, empresa da Embraer, e a Flapper, plataforma independente de aviação privada sob demanda, anunciaram ontem (22) uma parceria com o objetivo de desenvolver o mercado de Mobilidade Aérea Urbana na América Latina. As empresas pretendem lançar carros voadores.

A Eve espera fornecer à Flapper até 25.000 horas de voo por ano nas principais cidades da América do Sul como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte (Brasil), Santiago (Chile) e Bogotá (Colômbia), e na Cidade do México (México).

Calendário de divulgação dos próximos resultados:

  • EDP Brasil (ENBR3) – 23 de julho
  • Smiles (SMLE3) – 23 de julho
  • TIM (TIMP3) – 23 de julho
  • Cesp (CESP6) – 23 de julho

(Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).