Forbes Radar: Embraer, Multilaser, Petrobras, Tegma, JSL e outros destaques corporativos

Últimas notícias sobre: Via Varejo, Itaú, Eletrobras, SLC, Terra Santa e Tesla.

Artur Nicoceli
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (19), enquanto a Tegma recusou a proposta de compra da JSL, a SLC Agrícola e a Terra Santa anunciaram um novo passo no processo de fusão que criará uma gigante de grãos no Brasil e informaram que as condições precedentes para a consumação da operação foram cumpridas.

Já no universo dos Ipos, termina nesta segunda-feira o período de reserva de ações da Multilaser que estão com o intervalo indicativo de preço entre R$ 10,80 e R$ 13,00, e, a partir de hoje, a B2W passa a ser negociada com o código AMER3 na B3.

Veja estes e outros destaques corporativos do dia:

Via Varejo (VVAR3)

A Via Varejo comunicou na última sexta-feira (16) que recebeu aprovação final do Banco Central da licença de funcionamento da BNQI SCD (Sociedade de Crédito Direto), o que deve ampliar a oferta de serviços na sua plataforma de soluções financeiras.

“A autorização de atuação como SCD é transformacional para a Via, pois amplia de forma relevante o mercado endereçável de atuação, para um mercado muito além do varejo”, afirmou a empresa em comunicado à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Além do tradicional crediário, o BNQI SCD poderá realizar, entre outras, operações de empréstimos e de financiamentos aos clientes e parceiros por plataforma eletrônica.

A empresa também considera que o BNQI SCD será uma importante alavanca para fidelização dos parceiros do seu marketplace, passando a oferecer serviços como financiamento para capital de giro, entre outros.

Itaú (ITUB4)

O Itaú Unibanco informou na última sexta-feira (16) venceu a licitação do governo de Minas Gerais pela folha de pagamento de servidores estaduais e pagamento a fornecedores, ao oferecer a oferta vencedora de cerca de R$ 4,8 bilhões.

A proposta apresentada prevê pagamento de R$ 2,4 bilhões para a gestão de folha de pagamento, informou o banco, acrescentando que o acordo vale por cinco anos.

O pagamento da oferta será registrado como intangível e seu reconhecimento no resultado será diferido, afirmou o Itaú.

A operação envolve 618 mil servidores de Minas Gerais, 20% deles na região metropolitana da capital Belo Horizonte, com saldo de crédito consignado de R$ 7,7 bilhões, além de 6,3 mil fornecedores pessoas jurídicas do Estado.

O Itaú Unibanco disponibilizará a abertura de conta corrente digital e por meio de novos pontos físicos dedicados, adicionais às agências já existentes em Minas Gerais.

Eletrobras (ELET6)

Uma operação de capitalização da Eletrobras, que será realizada para a sua privatização, também deverá ser feita na bolsa Nova York, afirmou na última sexta-feira (16) o presidente da estatal, Rodrigo Limp.

Segundo ele, a oferta no mercado norte-americano faz sentido uma vez que a Eletrobras tem ADRs naquele país.

O conselho de administração da Eletrobras aprovou que a subsidiária Furnas Centrais Elétricas realize uma captação de recursos de até R$ 1,6 bilhão por meio de quatro operações junto a instituições financeiras, informou a estatal na última sexta-feira (16).

A captação, segundo a Eletrobras, poderá envolver até R$ 200 milhões junto ao Banco da Amazônia, com prazo de pagamento de cinco anos; R$ 500 milhões com o Itaú, também para pagamento em cinco anos; R$ 600 milhõe com o Banco do Brasil, com prazo de sete anos; e R$ 300 milhões com o Bradesco, para pagamento em sete anos.

Embraer (EMBR3)

A fabricante brasileira de jatos Embraer anunciou nesta sexta-feira que convocou assembleia de acionistas para 16 de agosto, na qual quer eleger dois ex-executivos da Airbus e da Boeing para seu conselho de administração.

Um dos indicados é Todd Freeman, ex-Airbus Americas, antes de trabalhar por 29 anos na GE Capital Aviation Services (Gecas), onde liderou a área de aviação regional e o negócio na região do Oriente Médio, África e Rússia.

O outro é Kevin McAllister, também com passagem pela GE, onde presidiu a GE Aviation Services, antes de ser presidente da divisão de aviação comercial da Boeing.

Petrobras (PETR4)

A Petrobras registrou no mês passado um recorde histórico na oferta de gás natural liquefeito (GNL) regaseificado no Brasil, ao atingir volume instantâneo de 42 milhões de metros cúbicos por dia em 28 de junho, em meio à forte demanda do insumo para a geração de eletricidade, informou a companhia nesta sexta-feira.

Segundo a estatal, o marco do último dia 28 viabilizou a oferta total de 109,4 milhões de m³/dia de gás natural, “um dos maiores volumes dos últimos anos”, que compreende o gás produzido no país, a parcela recebida pelos terminais de regaseificação e o volume importado da Bolívia.

“O resultado faz parte de um conjunto de iniciativas que a Petrobras vem adotando para aumentar a oferta de gás natural e garantir o suprimento do mercado nacional neste período de demanda elevada”, disse a estatal em nota.

Isso ocorre diante da crise hídrica enfrentada pelo Brasil, que acarreta o acionamento de mais usinas térmicas para a geração de energia. A Petrobras destacou que o movimento teve início no quarto trimestre do ano passado, com o incremento nas operações das termelétricas.

O presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, havia afirmado à Reuters no mês passado que a empresa buscaria esforços adicionais no combate à crise hídrica a pedido da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), incluindo a possibilidade de um aumento na oferta de gás natural.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

CPFL (CPFE3)

A CPFL Energia arrematou a transmissora de energia gaúcha CEEE-T, após oferecer uma proposta de R$ 2,6 bilhões pelo ativo, um ágio de 57,13% em relação ao pedido inicial de R$ 1,6 bilhão.

Tegma (TGMA3) e JSL (JSLG3)

A Tegma informou nesta sexta-feira que seu conselho de administração decidiu por unanimidade rejeitar a proposta não solicitada de combinação de negócios pela JSL.

Em 1 de julho, a havia informado que enviou uma proposta de combinação de negócios para a rival Tegma, numa transação em dinheiro e ações.

A proposta incluía pagamento de R$ 989 milhões aos acionistas da Tegma, além de 49,4 milhões de novas ações da JSL, o que os fariam ter cerca de 15% do capital da JSL. A empresa combinada teria receita bruta de 6,1 bilhões de reais e Ebitda de R$ 827 milhões.

A Tegma chegou a afirmar posteriormente a contratação do escritório Trindade Sociedade de Advogados e de “instituição financeira de primeira linha” para avaliar a proposta.

SLC (SLCE3) e Terra Santa (TESA3)

A SLC Agrícola e a Terra Santa anunciaram na última sexta-feira (16) um novo passo no processo de fusão que criará uma gigante de grãos no Brasil e informaram que as condições precedentes para a consumação da operação foram cumpridas.

Com a incorporação de ações, as companhias disseram que foi confirmado o aumento de capital da SLC, com a emissão de 2.516.454 ações, pelo preço de subscrição total de R$ 138 milhões, correspondente a R$ 54,84 por ação.

Segundo os comunicados, em 14 de julho foi o registro de companhia aberta da Terra Santa Propriedades Agrícolas (ex-TS Agro), para listagem no segmento do Novo Mercado da B3.

Assim, pode ser feita a redução de capital da Terra Santa, concluindo o cumprimento das condições precedentes da operação.

Tesla (TSLA34)

A Tesla informou no último sábado (17) que inseriu uma opção para que alguns clientes assinem o seu software avançado de direção autônoma Full Self-Driving por US$ 199 por mês, em vez do pagamento de US$ 10 mil à vista.

A Tesla havia dito anteriormente que seu serviço de assinatura vai gerar receita recorrente e ampliará a sua base de clientes para produtos mais sofisticados, que permitem mudança de faixa em rodovia e auxílio para balizas.

Mas a fabricante norte-americana de carros elétricos reiterou neste sábado que os recursos atuais “não tornam o veículo autônomo” e ainda é necessário que haja um “piloto totalmente atento, com as mãos no volante”.

O diretor-financeiro da Tesla, Zachary Kirkhorn, disse em abril que o serviço de assinatura que era planejado geraria uma receita recorrente para a empresa, embora “possa haver um período de tempo em que o dinheiro será reduzido em curto prazo”.

Multilaser (MLAS3)

Termina hoje (19) o período de reserva de ações da Multilaser para pequenos investidores. A companhia definiu o intervalo indicativo de preço por ação entre e R$ 10,80 e R$ 13,00. O preço será fixado amanhã (20). O IPO pode levantar R$ 2 bilhões, considerando a oferta-base de 172,3 milhões de papéis. A estreia na bolsa está prevista para a próxima quinta-feira (22).

Netflix (NFLX34)

De acordo com a Bloomberg, a Netflix lançará até 2022 jogos de video-games em sua plataforma de streaming de filmes. Os gos aparecerão como um novo gênero de programação, parecido com especiais de stand-up.

BTG Pactual (BPAC11)

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou a compra de 100% da Fator Relevante pelo BTG Pactual. A operação realizada em maio não teve seu valor divulgado.

Arezzo (ARZZ3)

A Superintendência-Geral do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) também aprovou a aquisição da Baw, marca de roupas streetwear, pela Arezzo, por meio da controlada ZZAB. A operação foi fechada em junho por R$ 105 milhões, valor que pode ser acrescido de R$ 10 milhões caso métricas sejam alcançadas.

JHSF (JHSF3)

A JHSF Participações realizou o resgate integral do JHSF Rio Bravo Fazenda Boa Vista Capital Protegido Fundo de Investimento Imobiliário, que foi constituído em 2013 e teve por objetivo investir na Fazenda Boa Vista, empreendimento realizado pela Companhia. O aporte foi de R$ 125,4 milhões.

Unipar (UNIP6)

A Unipar e a Atlas Renewable Energy, companhia internacional líder em energia renovável, anunciaram a formação de uma parceria para construção e operação de um parque de geração de energia solar. O início das obras está previsto para o final do segundo semestre deste ano, com o começo das operações estimado em junho de 2022.

A parceria para geração de energia a partir de placas fotovoltaicas contempla a operação de um complexo com capacidade instalada de até 239 MW solares, no município de Pirapora, região Norte de Minas Gerais. O acordo prevê um PPA de longo prazo de parte da energia com a própria Unipar.

“O projeto ‘Lar do Sol Casablanca II’ fornecerá o equivalente de energia a 261,662 residências, de acordo com o consumo médio das famílias brasileiras. Além disso, o parque vai evitar a emissão de aproximadamente 40,500 toneladas métricas de CO2 por ano”, informou a empresa via fato relevante.

Cemig (CMIG4)

A Cemig informou uma nova composição da diretoria da empresa.

  • Presidência – Reynaldo Passanezi Filho
  • Diretoria Cemig Comercialização – Dimas Costa
  • Diretoria Cemig Distribuição – Marney Tadeu Antunes
  • Diretor de Finanças e Relações com Investidores – Leonardo George de Magalhães
  • Diretoria Cemig Geração e Transmissão – Thadeu Carneiro da Silva
  • Diretoria Cemigpar – Maurício Dall’Agnese
  • Diretoria de Regulação e Jurídica – Eduardo Soares

Ao mesmo tempo, a empresa também divulgou o novos membros do conselho administrativo

  • Paulo Cesar de Souza e Silva
  • Márcio Luiz Simões Utsch
  • Marcelo Gasparino da Silva
  • José Reinaldo Magalhaes
  • José João Abdalla Filho
  • Franklin Moreira Gonçalves
  • Carlos Eduardo Tavares de Castro
  • Afonso Henriques Moreira Santos


Energisa (ENGI11)

O Itaú Unibanco vendeu uma parcela de Units emitidos pela Energisa e passou a deter apenas 6,97% do capital social total da companhia.

Shell (RDSA34) e Gerdau (GGBR4)

A Shell Brasil e a Gerdau assinaram um termo de cooperação para o desenvolvimento de um parque fotovoltaico no município de Brasilândia (MG). O termo cria uma joint venture, que terá participação igualitária das duas empresas.

Calendário de divulgação dos próximos resultados:

  • Neoenergia (NEOE3)
  • Indústrias Romi (ROMI3)

(Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: