Após queda de US$ 10 bilhões em sua fortuna, Bernard Arnault deixa de ser o homem mais rico do mundo

Na semana, patrimônio do bilionário acumula desvalorização de US$ 14 bilhões.

Mariangela Castro
Compartilhe esta publicação:
Após queda de US$ 10 bilhões em sua fortuna, Bernard Arnault deixa de ser o homem mais rico do mundo
Após queda de US$ 10 bilhões em sua fortuna, Bernard Arnault deixa de ser o homem mais rico do mundo

Os papéis da LVMH são negociados nas principais bolsas europeias; apenas em Paris a queda acumulada nesta semana é de 7,7%

Acessibilidade


O mau humor do mercado de ações internacional tem afetado especialmente a fortuna do magnata francês Bernard Arnault, bilionário dono da LVMH. Apenas hoje, o executivo viu seu patrimônio encolher em US$ 9,9 bilhões após mais um dia negativo para as ações da sua empresa no exterior.

Além do impacto financeiro, Arnault retornou ao segundo lugar do ranking de Bilionários do Mundo da Forbes. Desde o início da semana, a sua fortuna acumula queda de US$ 14,1 bilhões, estimada agora em US$ 185 bilhões.

LEIA MAIS: Por onde andam 6 destaques da música de edições anteriores da lista Under 30

As ações da companhia listada em Paris têm queda acumulada de 7,7% nesta semana, a € 654,90. Os papéis da LVMH são negociados ainda nas bolsas de Milão, Alemanha e Londres, todos com quedas próximas de 5% apenas hoje. A companhia é dona de algumas das maiores marcas de luxo do mundo, como Louis Vuitton e Tiffany.

O primeiro lugar na posição de pessoa mais rica do mundo volta a ser ocupado por Jeff Bezos, mas apesar da reviravolta, a semana também não tem sido das melhores para o fundador da Amazon. Nos últimos três pregões, ele perdeu US$ 5 bilhões com o movimento dos papéis de sua empresa, destes US$ 2,1 bilhões apenas no fechamento de hoje.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Amazon é atualmente negociada na Nasdaq por US$ 3.201,22 e seus papéis caíram -1.26% nesta quarta-feira. Bezos acumula fortuna de US$ 185,9 bilhões.

Entre as 10 pessoas mais ricas do mundo, Mark Zuckerberg, Larry Ellison, Warren Buffett e Françoise Bettencourt Meyers também perderam parte de seus bilhões hoje. Juntos, a queda entre os quatro empresários foi de US$ 5,6 bilhões, puxada pelo recuo generalizado nos mercados de ações.

Na contramão do pessimismo está Elon Musk, fundador da Tesla e da SpaceX. Estimado como terceira pessoa mais rica do mundo pela Forbes, o patrimônio de Musk cresceu em US$ 5,2 bilhões no fechamento de hoje. Atualmente, sua fortuna é estimada em US$ 180,5 bilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: