China fortalecerá políticas macreconômicas para sustentar emprego

Medidas são elaboradas após a produção industrial e vendas desaceleraram drasticamente e não atingiram as expectativas em julho

Redação
Compartilhe esta publicação:
Aly Song/Reuters
Aly Song/Reuters

Distrito financeiro de Lujiazui, em Xangai, China

Acessibilidade


A China fortalecerá políticas fiscais e monetárias para sustentar o emprego, de acordo com uma reunião de gabinete presidida pelo primeiro-ministro Li Keqiang, noticiou a televisão estatal chinesa hoje (16).

Dados divulgados anteriormente mostraram que o crescimento da produção industrial e das vendas no varejo da China desaceleraram drasticamente e não atingiram as expectativas em julho, com novos surtos de Covid-19, inundações e altos preços de commodities pressionando as empresas e ampliando os sinais de que a recuperação econômica está perdendo força.

LEIA TAMBÉM: Economia da China fica sob pressão com desaceleração de indústria e varejo em julho

O país vai intensificar os ajustes, manterá as operações econômicas dentro de uma faixa razoável e fará bom uso da dívida de governos locais para estimular o investimento eficaz, segundo a reunião, disse a emissora “CCTV”.

A China também vai melhorar as políticas monetárias para conter o aumento nos preços de commodities importantes e fazer bom uso dos fundos que foram liberados por um corte recente na quantidade de dinheiro que os bancos têm de manter como reservas para apoiar pequenas empresas, afirmou. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

 

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: