Janguiê Diniz anuncia o primeiro token voltado para investimentos em startups

Chamado de DeFi Elo21, criptoativo conta com a assessoria jurídica do escritório do ex-presidente do STF Carlos Ayres Britto; iniciativa vai investir R$ 1,5 bilhão em startups brasileiras nos próximos cinco anos .

Redação
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Geraldo Marques, da Conectelo, e Janguiê Diniz: investimento de R$ 1,5 bilhão em startups brasileiras nos próximos cinco anos

Acessibilidade


Janguiê Diniz, fundador do grupo Ser Educacional e presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo, está lançando o primeiro token voltado para investimentos em startups do mercado brasileiro. Com o nome DeFi Elo21, o criptoativo faz parte da plataforma Conectelo e conta com a assessoria jurídica do escritório do ex-presidente do STF Carlos Ayres Britto. Segundo os idealizadores, a iniciativa visa investir R$ 1,5 bilhão em startups brasileiras nos próximos cinco anos.

O novo negócio de Janguiê vai unir duas tendências globais: a ascensão e consolidação das moedas digitais e o crescimento consistente de novos negócios disruptivos. “Basta dizer que, apenas no primeiro semestre deste ano, já surgiram 237 unicórnios ao redor do mundo e que, em abril, o mercado de criptomoedas ultrapassou o recorde de US$ 2 trilhões”, destaca Janguiê Diniz. “Além disso, o Brasil está entre os 12 maiores mercados do mundo em uso de blockchain”, completa.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O investimento inicial para criar a plataforma e o ativo digital foi de R$ 3,5 milhões. “Estávamos só esperando a recente aprovação do Marco Legal das Startups (MLS), revela o fundador e CEO da Conectelo e um dos criadores do token, Geraldo Marques.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: