Ministro pede vista e análise do TCU sobre leilão de 5G é suspensa

A operação havia recebido voto favorável do ministro relator do assunto no TCU, Raimundo Carreiro

Redação
Compartilhe esta publicação:
Tingshu Wang/Reuters
Tingshu Wang/Reuters

Anúncio da tecnologia de 5G em evento de telecomunicações

Acessibilidade


O ministro Aroldo Cedraz, do TCU (Tribunal de Contas da União), pediu hoje (18) vistas do processo de desestatização da faixa das frequências de 5G, suspendendo a análise do leilão que o governo federal pretende realizar ainda em 2021.

LEIA MAIS: Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Considerada a maior licitação de espectro da história brasileira, a operação havia recebido voto favorável do ministro relator do assunto no TCU, Raimundo Carreiro.

Cedraz, no entanto, apontou “falhas que representam riscos de prejuízo erário público” e uma sucessão de falhas apontadas pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações)” para pedir vistas do processo.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: