Nelson Tanure assume fatia na Alliar e dificulta proposta da Rede D'or

O empresário diz que não tem planos de mudar a gestão da Alliar

Redação
Compartilhe esta publicação:
Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

O empresário Nelson Tanure informou que se tornou o maior acionista individual da Alliar, comprando uma fatia adicional de 21,14% de fundos administrados pelo Patria

Acessibilidade


Fundos de investimento ligados ao empresário Nelson Tanure compraram cerca de 26% da empresa de diagnósticos médicos Alliar, disse ele hoje (19), complicando uma proposta de compra pela rede de hospitais Rede D’Or.

Após o fechamento do mercado, Tanure informou em comunicado que se tornou o maior acionista individual da Alliar, comprando uma fatia adicional de 21,14% de fundos administrados pelo Patria. Ontem (19), um fundo vinculado a Tanure informou que havia montado participação de 5,13% na Alliar.

LEIA TAMBÉM: Rede D’Or aprova oferta pública para compra da Alliar por R$ 1,36 bilhão

Tanure diz que não tem planos de mudar a gestão da Alliar.

“Acreditamos que o diagnóstico médico é um setor promissor no Brasil”, disse Tanure, acrescentando que sua filha era médica com investimentos em outras empresas de saúde.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

As ações da Alliar subiram até 15% após o site “Brazil Journal” relatar a compra agressiva de Tanure hoje, antes de reduzir os ganhos para 6% no fechamento.

A decisão de Tanure vem após a Rede D’Or revelar na segunda-feira (16) uma oferta pública de aquisição da Alliar por R$ 1,36 bilhão, pagando R$ 11,50 por ação.

A ação da Alliar subiu a R$ 14,18 nesta sessão, antes de fechar a R$ 13,06. A ação da Rede D’Or ficou quase estável.

Alliar e Rede D’Or não responderam a pedidos de comentários. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: