Produtos e fundos de bitcoin têm 5ª semana consecutiva de saída de recursos, mostra CoinShares

Os fluxos de saída da criptomoeda mais popular do mundo totalizaram US$ 33 milhões na semana encerrada em 6 de agosto.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Eric Gaillard/Reuters
Eric Gaillard/Reuters

As saídas totais de outras criptomoedas somaram quase US$ 26 milhões

Acessibilidade


Produtos e fundos de investimento de bitcoin registraram saídas de recursos pela quinta semana consecutiva, enquanto investidores permaneceram cautelosos com aumento da fiscalização de autoridades sobre ativos digitais, mostraram dados de hoje (9) da administradora CoinShares 

Os fluxos de saída da criptomoeda mais popular do mundo totalizaram US$ 33 milhões na semana encerrada em 6 de agosto, em comparação com US$ 19,7 milhões na semana anterior. No acumulado do ano, porém, os fluxos de recursos para bitcoin permaneceram robustos em US$ 4,2 bilhões.

LEIA MAIS: Bitcoin verde: os grandes lucros da mineração limpa de criptomoedas

As saídas totais de outras criptomoedas somaram quase US$ 26 milhões, embora a CoinShares tenha notado que a magnitude das saídas foi muito menor do que em maio e junho.

“Há todo esse foco em criptomoeda porque, com todos os novos produtos financeiros e soluções inovadoras, os governos, que estão aqui para proteger os investidores, vão se perguntar se isso é uma boa ideia e então, eles vão olhar mais para isso”, disse Matthijs de Vries, diretor de tecnologia do provedor de infraestrutura AllianceBlock.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Hoje, o bitcoin atingiu uma máxima em 11 semanas, acima de US$ 46.000.

Os dados da CoinShares também mostraram que o ether, o token usado na blockchain Ethereum, apurou saídas de US$ 2,8 milhões, de um fluxo negativo de quase US$ 9 milhões na semana anterior. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: