Provedora mineira de serviços de internet Vero pede registro para IPO

A empresa registrou receita líquida de R$ 190,6 milhões no primeiro semestre, alta de 148,9% sobre um ano antes.

Redação
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Amanda Perobelli
REUTERS/Amanda Perobelli

A empresa receita líquida de R$ 190,6 milhões no primeiro semestre, alta de 148,9% sobre um ano antes

Acessibilidade


A provedora de serviços de internet Vero pediu registro para um IPO (oferta inicial de ações), ilustrando a movimentação de empresas do setor para buscar recursos no mercado para ganhar musculatura antes do leilão do 5G.

Criada em 2019 com a união de oito empresas do interior de Minas Gerais, a empresa se expandiu para Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul e afirma ter atualmente cerca de 500 mil clientes, com 18,2 mil quilômetros de cabos de fibra óptica.

Investida pela da Vinci Partners, a Vero teve no primeiro semestre receita líquida de R$ 190,6 milhões, alta de 148,9% sobre um ano antes e Ebitda ajustado de R$ 90,5 milhões, avanço de 148,7%, com margem de Ebitda estável em 47,5%.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Embora não tenha citado especificamente o que pretende fazer com a venda de ações novas, a companhia revela que seu plano é crescer de forma orgânica, mas também via aquisições.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O anúncio chega no momento em que o país se aproxima do leilão da tecnologia de 5G, com o ministro das Comunicações, Fábio Faria, tendo previsto a concorrência para outubro.

Enquanto isso, empresas de internet que atuam em cidades de pequeno e médio portes, apoiadas por fundos de investimentos, têm se expandido de forma acelerada pelo país por meio de aquisições.

A EB Fibra, do ex-ministro da Casa Civil Pedro Parente, mapeou cerca de 200 empresas para aquisições no país e se prepara para buscar recursos no mercado acionário para financiar seu plano de consolidação do setor no país.

O IPO da Vero será coordenado por Itaú BBA, UBS-BB, BTG Pactual, Santander, XP e JPMorgan. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: