Secretária do Tesouro dos EUA pressiona Congresso para elevar teto da dívida do país

Não aprovar um aumento no limite pode provocar nova paralisação do governo federal ou default da dívida

Redação
Compartilhe esta publicação:
Greg Nash/REUTERS
Greg Nash/REUTERS

Não aprovar um aumento no limite pode provocar nova paralisação do governo federal ou default da dívida

Acessibilidade


A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, reiterou hoje (9) seu apelo ao Congresso para que aumente o limite da dívida norte-americana por meio de ação bipartidária, à medida que o governo federal se aproxima de esgotar sua capacidade de endividamento.

A medida não aumentaria os gastos do governo nem aprovaria gastos futuros, disse ela em um comunicado, acrescentando: “Simplesmente permite que o Tesouro pague pelos gastos previamente promulgados. O não cumprimento dessas obrigações causaria danos irreparáveis à economia dos EUA e ao sustento de todos os norte-americanos. ”

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A projeção é de que os Estados Unidos vão exaurir sua autoridade de empréstimo em outubro e a não aprovação de um aumento no limite da dívida – agora em 28,5 trilhões de dólares – pode provocar nova paralisação do governo federal ou default da dívida. (com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: