Ultrapar vende Oxiteno para tailandesa Indorama por US$ 1,3 bilhão

Com a operação, a Ultrapar conclui sua estratégia de revisão de portfólio de ativos e a Indorama marca sua primeira presença nas Américas.

Redação
Compartilhe esta publicação:
SOPA Images/Getty Images
SOPA Images/Getty Images

Com a operação, a Ultrapar conclui sua estratégia de revisão de portfólio de ativos e a Indorama marca sua primeira presença nas Américas

Acessibilidade


A Ultrapar fechou acordo para vender 100% de sua empresa de químicos especiais Oxiteno para o grupo tailandês de produtos químicos Indorama Ventures por US$ 1,3 bilhão, informaram as companhias hoje (16).

Com a operação, a Ultrapar conclui sua estratégia de revisão de portfólio de ativos, após vender também neste ano a unidade Extrafarma e sua participação de 50% na ConectCar. O grupo brasileiro ficou concentrado na rede de postos de combustíveis, Ipiranga; na empresa de distribuição de gás GLP Ultragaz; e na empresa de armazenamento de granéis líquidos Ultracargo, com o intuito de entrar nos mercados de refino de petróleo e gás natural no país.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A Indorama, por sua vez, marca pela primeira vez presença nas Américas, garantindo unidades de produção da Oxiteno, que produz químicos usados por uma série de indústrias como de alimentos, agrícola e de higiene, no Brasil, México e Estados Unidos, ampliando sua atuação geográfica e seu portfólio de ativos.

A venda foi acertada por um múltiplo equivalente a 10,8 vezes o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) anual médio da Oxiteno dos últimos cinco anos, informaram as companhias. (com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: