Ambev anuncia cervejaria e maltaria carbono neutro no Brasil

Nos últimos cinco anos, as unidades reduziram em 90% as emissões de gases de efeito estufa e neutralizaram os 10% remanescentes com investimentos em crédito de carbono.

Mariangela Castro
Compartilhe esta publicação:
Divulgação / Ambev
Divulgação / Ambev

Até 2025, a companhia planeja que 100% da eletricidade comprada venha de fontes renováveis

Acessibilidade


A Ambev anunciou hoje (30) o lançamento de uma cervejaria e uma maltaria carbono neutro no Brasil, as primeiras da companhia. As unidades, que já operavam nos últimos anos, reduziram em 90% suas emissões de gases de efeito estufa na atmosfera e neutralizaram os 10% remanescentes. A companhia investiu R$ 137 milhões na iniciativa nos últimos cinco anos.

Atualmente, o dióxido de carbono é o maior contribuinte para o aquecimento global, junto com outros gases de efeito estufa. A redução de 90% das unidades representa em torno de 9.700 toneladas a menos de CO2 anualmente, o equivalente a 1.300 carros a menos nas ruas do Brasil, segundo a empresa.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram: https://t.me/forbesmoney

Para atingir esse objetivo, a Ambev instalou caldeiras a biomassa, implementou processos de reaproveitamento energético do biogás, passou a utilizar eletricidade de fontes renováveis e trocou as empilhadeiras tradicionais por elétricas. As unidades estão localizadas em Ponta Grossa (PR) e Passo Fundo (RS).

Já a neutralização dos 10% remanescentes foi possível graças a créditos de carbono comprados pela companhia. “Investimos em projetos que compensam emissões residuais de nossa cadeia produtiva”, explica Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de sustentabilidade e suprimentos da companhia.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

De acordo com a empresa, mais quatro cervejarias também operarão com emissões neutras de carbono até o final de 2021. A Ambev espera alcançar a neutralização em 100% de suas unidades nos próximos anos, porém não informa o prazo máximo esperado para que isso aconteça.

Para 2025, a Ambev planeja que 100% da eletricidade comprada tenha como origem fontes renováveis, além de uma redução de 25% das emissões de carbono ao longo da sua cadeia de valor. A companhia também quer utilizar embalagens retornáveis ou majoritariamente produzidas com materiais reciclados em todos os seus produtos.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: