BNDES assina contrato para IPO da Corsan

O banco será assessor direto do governo do Rio Grande do Sul no IPO.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Sergio Moraes/Reuters
Sergio Moraes/Reuters

O BNDES será assessor direto do governo do Rio Grande do Sul no IPO

Acessibilidade


A Corsan, Companhia Riograndense de Saneamento, anunciou ontem (28) que assinou contrato com o BNDES no âmbito de um processo de privatização da companhia que prevê a realização de IPO no próximo ano.

O BNDES será assessor direto do governo do Rio Grande do Sul no IPO, que verá o controle do Estado ir para investidores privados. O Rio Grande do Sul, ao final do processo, ficará com participação de cerca de 30% no capital da Corsan.

LEIA TAMBÉM: Petrobras assina contrato de arrendamento de terminal de GNL na Bahia com Excelerate

A Corsan afirmou em comunicado que os recursos da oferta primária, de “pelo menos R$ 1 bilhão”, serão usados ​​”principalmente para obras e investimentos para universalização da coleta e tratamento de esgoto no RS”.

A expectativa da empresa é que o IPO ocorra na primeira semana de fevereiro de 2022. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: