Forbes Radar: CSN, Ambipar, Eletrobras, Dotz, SLC Agrícola e outros destaques corporativos

Últimas notícias sobre: Unidas, Vittia, Google, Apple, Banrisul, BR Properties, BrasilAgro.

Artur Nicoceli
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (1º), o AgroGalaxy concluiu a aquisição de 80% da paranaense Ferrari Zagatto, enquanto a Ambipar informou a compra de 70% da Suprema e a CSN Cimentos adquiriu a Elizabeth Cimentos e a Elizabeth Mineração.

Ao mesmo tempo, a Espaçolaser informou o lucro líquido no segundo trimestre de R$ 73,5 milhões, se recuperando do prejuízo arrecadado no mesmo período do ano passado de R$ 94,1 milhões.

Veja estes e outros destaques corporativos do dia:

Unidas (LCAM3)

O conselho de administração da Unidas aprovou acordo para a compra da Nexcorp Serviços e Telecomunicações por R$ 120 milhões. A operação, que envolve a subsidiária Agile (compradora), contempla o pagamento de R$ 71,1 milhões em espécie e 1.965.742 ações de emissão da Unidas de titularidade da Agile.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Nexcorp atua há 17 anos no segmento de tecnologia em soluções de rastreamento, está presente em todos os Estados do país e tem 786 mil assinaturas e 830 clientes no país, afirmou a Unidas em fato relevante ontem (31).

Vittia

A Vittia Fertilizantes e Biológicos retomou oferta pública de ações com distribuição primária e secundária com esforços restritos, que espera precificar ontem (31), de acordo com fato relevante enviado à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Além das novas ações a serem emitidas na oferta, está prevista a venda de papéis detidos pelo fundo de investimentos Brasil Sustentabilidade.

No último dia 18, a companhia, que atua na área de defensivos biológicos e fertilizantes especiais, havia optado pela suspensão de oferta por tempo indeterminado, atribuindo a decisão à volatilidade e às condições adversas do mercado de capitais constatadas nos últimos dias.

SLC Agrícola (SLCE3)

A SLC Agrícola, uma das maiores produtoras de grãos do Brasil, informou ontem (31) que as terras de propriedade da companhia foram avaliadas em R$ 6,94 bilhões neste ano, salto de 75,2% em relação a 2020.

O resultado valida a tese da empresa de que seria positivo o retorno obtido com investimento em terras no Brasil.

De acordo com avaliação conduzida pela consultoria Deloitte Touche Tohmatsu, o valor atual do hectare médio agricultável de propriedade da SLC Agrícola corresponde a R$ 35.693.

As avaliações, acrescentou a SLC, consideram apenas a terra nua, não contemplando prédios, instalações, benfeitorias e maquinário.

Google (GOGL34) e Apple (AAPL34)

O parlamento da Coreia do Sul aprovou nesta terça-feira uma lei que proíbe grandes operadoras de lojas de aplicativo, como Google e Apple, de forçarem desenvolvedores de software a usarem seus sistemas de pagamento, o que na prática as proíbe de cobrar comissão por compras dentro dos aplicativos.

É a primeira limitação desse tipo de uma grande economia contra Apple e Google, da Alphabet, que são criticados em escala global por exigirem o uso de seus sistemas de pagamento que cobram comissões de até 30%.

A votação final foi 180 a favor, de 188 presentes, para passar a emenda à Lei de Negócios de Telecomunicações, apelidada de “Lei Antigoogle”.

Eletrobras (ELET6)

A Eletrobras informou nesta terça-feira que pagará R$ 23,2 bilhões à União pelas outorgas de 22 usinas hidrelétricas que terão contratos renovados, em movimento relacionado ao processo de privatização da empresa, após o governo federal ter aprovado resolução que define o valor do benefício econômico dos novos contratos de concessão da companhia.

Segundo a elétrica estatal, o CNPE (Conselho Nacional de Política Energética) fixou o montante de R$ 62,5 bilhões como valor adicionado pelos novos contratos de concessão de geração de energia elétrica para as 22 usinas da Eletrobras, em condição precedente para a capitalização da empresa.

Parte do valor adicionado, os R$ 23,2 bilhões serão pago à União pela Eletrobras capitalizada ou por suas controladas pelas outorgas das usinas, que sairão do atual regime de cotas – que só remunera operação e manutenção – para o de produção independente de energia.

O valor a ser pago pelas outorgas, que ficou próximo de estimativas anteriores, será levantado pela empresa no processo de privatização, com uma oferta primária de ações, em operação que deve estar concluída até fevereiro do ano que vem.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Banrisul (BRSR6)

A CVM absolveu nove diretores do Banrisul (Banco do Estado do Rio Grande do Sul) na última terça-feira. Foram abertos processos por parte do SEP (Superintendência de Relações com Empresas) que acusaram a companhia de diligência na aprovação de linha de crédito, em 2017 e 2018.

Na época, um acionista minoritário apontou que as taxas cobradas pelo banco eram menores que a taxa média de juros praticada em operações originadas do consignado.

Ao mesmo tempo, a companhia também informou o pagamento de R$ 105 milhões em JCP (Juros sobre Capital Próprio), sendo R$ 0,25701429 por ON, R$ 0,25701429 por ação PNA e R$ 0,25701429 por ação PNB, em 28 de setembro.

BR Properties (BRPR3)

A BR Properties vendeu o “Galpão Tucano” para o Espaço Gaia Empreendimentos, localizado no Centro Empresarial Espaço Gaia Ar, na Cidade de Jarinu, Comarca de Atibaia (SP), por R$ 94 milhões.

CSN (CSNA3)

A CSN informou que a CSN Cimentos concluiu a aquisição da Elizabeth Cimentos e da Elizabeth Mineração na tarde de ontem (31). O valor final da operação não foi informado.

Ambipar (AMBP3)

A Ambipar informou a aquisição de 70% da Suprema, companhia focada em gerenciamento de resíduos industriais, por meio de sua controlada Environmental ESG Participações. O valor da aquisição não foi informado.

BrasilAgro (AGRO3)

A BrasilAgro informou que seu lucro líquido cresceu 166% entre a safra de 2020 e 2021, saltando de R$ 119,5 milhões no ano passado para R$ 317,6 milhões este ano, com produção de 2,4 milhões de toneladas de produtos agrícolas e venda de parte da fazenda Jatobá, na Bahia. A receita da companhia foi de R$ 721,9 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou R$ 365,7 milhões no período, “resultado que reflete uma receita líquida, composta por R$ 58,9 milhões de venda de fazendas e R$ 663 milhões de vendas de produtos agrícolas”, diz André Guillaumon, CEO da BrasilAgro.

O portfólio de propriedades da companhia foi avaliado em R$ 3,4 bilhões, segundo a consultoria Deloite Touche Tohmatsu.

Isa Cteep (TRPL4)

A Isa Cteep (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista) informou que os acionistas aprovaram a incorporação das empresas SF Energia e PBTE pela Isa Cteep na tarde de ontem (31).

Agrogalaxy (AGXY3)

O AgroGalaxy concluiu a aquisição de 80% da paranaense Ferrari Zagatto por R$ 112, 9 milhões. Dessa forma, a companhia passa a ter 122 lojas e mais de 20 mil clientes em nove estados brasileiros.

Dotz (DOTZ3)

A Dotz informou que fechou o investimento realizado pela Antfin, afiliada do Ant Group, mediante a aquisição de 6,6 milhões de ações. Dessa forma, a Antfin se torna detentora de 5% do capital social da companhia e terá o direito de indicar um dos membros do conselho de administração da companhia e também o co-presidente do comitê de estratégia da Dotz, além do direito de sugerir nomes para qualquer outro comitê.

Caixa Seguridade (CXSE3)

A Caixa Seguridade informou que sua subsidiária integral Caixa Cartões Holding aumentou a participação acionária na Elo e passou a deter de 41,4% dos papéis da companhia. Esse aumento de participação se deu mediante o pagamento do montante de R$ 60,9 mil.

Oi (OIBR3)

A Oi informou que elegeu Cristiane Barretto Sales como CFO e RI. Ela assumirá as duas cadeiras nesta quarta-feira (1º).

Iguatemi (IGTA3) e Jereissati (JPSA3)

o Iguatemi informou que foram decididas as normativas para a incoporação de todos os papéis da Jereissati, tornando-a uma subsidiária integral.

A operação visa a criar a Iguatemi S.A., nova denominação a ser adotada pela Jereissati, que reunirá as bases acionárias da IESC e da Jereissati em uma única companhia aberta. Adicionamente, o Iguatemi terá um aumento de 45% nos ativos negociados em mercado.

Os donos das ações da Jereissati receberão para cada ação ordinária de emissão da Iguatemi, 0,15964 ação ordinária e 0,31929 ação preferencial de emissão da Jereissati. Ao mesmo tempo foi definido que os acionistas minoritários terão prêmio de 16,4%, o que antes era de 10%.

Espaçolaser (ESPA3)

A Espaçolaser informou que foi aprovado o pagamento de R$ 11,5 milhões em dividendos, sendo R$ 0,0470856894 por ação. Além de R$ 8,5 milhões em JCP, sendo R$0,034802 por ativo.

A companhia também informou que teve lucro líquido no segundo trimestre de R$ 73,5 milhões, se recuperando do prejuízo arrecadado no mesmo período do ano passado de R$ 94,1 milhões. Ao mesmo tempo, o lucro líquido semestral foi de R$ 148,7 milhões, também se recuperando do montante negativo de R$ 58,3 milhões de 2020.

O Ebitda da companhia entre abril e junho de 2021 foi de R$ 123,1 milhões, acima do prejuízo obtido em 2020 de R$ 57,3 milhões. No comparativo semestral, este ano foi de R$ 203,2 milhões, o que no ano passado era de R$ 2,7 milhões negativos.

PetroRio (PRIO3)

A PetroRio informou que a Squadra Investimentos aumentou para 5,55% a quantidade de ações detidas, ou seja, 48,7 milhões de papéis. Os Investidores declaram que as aquisições realizadas não visam alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da companhia.

MRV (MRVE3)

A MRV informou um novo programa de recompra de ações, sendo 24,1 milhões de ativos, o que representam 8,19% dos papéis em mercado.

3R Petroleum (RRRP3)

A 3R Petroleum informou que assinou o contrato para a aquisição de todas as ações da Duna Energia. A operação foi avaliada em US$ 72,3 milhões.

(Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: