Forbes Radar: Hapvida, Petrobras, Via, BRF, Ambipar e outros destaques corporativos

Últimas notícias sobre: Braskem, Bayer, Amazon, Eletrobras.

Artur Nicoceli
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


No Forbes Radar de hoje (2), a B3 divulgou a terceira prévisa do Índice Bovespa, enquanto estreia as ações da Vittia na bolsa e a Sinqia planeja precificar seu IPO.

Também nesta quinta-feira, a Ambipar informou a aquisição de 65% da SIR Ambiente Inteligência Ambiental; e a Eve, subsidiária da Embraer, faz parceria com australiana Microflite para oferecer serviços de mobilidade aérea na Australia, com início previsto para 2026.

Veja estes e outros destaques corporativos do dia:

Bayer (BAYN)

A multinacional alemã Bayer anunciou ontem (1º) que a executiva Malu Nachreiner assumirá o cargo de presidente do grupo no Brasil a partir de novembro, tornando-se a primeira mulher a comandar as operações da empresa no país.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Nachreiner, atual líder da divisão agrícola da companhia, substituirá o espanhol Marc Reichardt, que vai se aposentar após 36 anos na Bayer – os últimos três chefiando a empresa no Brasil. Ela acumulará os cargos de presidente e líder da divisão agrícola, segundo a Bayer.

Amazon (AMZO34)

A Amazon.com está planejando contratar 55 mil pessoas para funções corporativas e de tecnologia em todo o mundo nos próximos meses, disse o presidente-executivo Andy Jassy à Reuters.

Em sua primeira entrevista à imprensa desde que ascendeu ao cargo mais alto da Amazon em julho, Jassy disse que a empresa precisava de mais poder de fogo para acompanhar a demanda no varejo, nuvem e publicidade, entre outros negócios. Ele disse que a nova aposta da empresa de lançar satélites em órbita para ampliar o acesso à banda larga, chamada Project Kuiper , também exigiria muitas novas contratações.

Com a feira de empregos anual da Amazon marcada para começar em 15 de setembro, Jassy espera que agora seja um bom momento para o recrutamento.

Eletrobras (ELET6)

A Eletrobras antecipará R$ 5 bilhões à CDE (Conta de Desenvolvimento Energético) em 2022, com o objetivo de ajudar a aliviar a pressão de alta nas tarifas de eletricidade, diante do cenário de aumento nos custos que deve continuar no próximo ano, informou o Ministério de Minas e Energia em nota na noite da última terça-feira (31).

A parcela integra os R$ 29,8 bilhões que deverão ser destinados à CDE, conforme previsto nas regras de privatização da Eletrobras, visando a chamada modicidade tarifária, por um período de 25 anos. Os pagamentos deverão feitos de forma escalonada ao longo do tempo.

Além das pressões tarifárias em 2021, que incluem o peso da chamada bandeira tarifária “Escassez Hídrica”, definida na véspera, o governo projeta que importantes fatores de alta seguirão presentes em 2022, como o aumento dos custos para geração e previsões de que o IGP-M se mantenha em patamares elevados, influenciando os reajustes de contratos antigos.

A destinação dos recursos da Eletrobras para aliviar tarifas funciona como uma contrapartida da estatal pela renovação de contratos de hidrelétricas em condições mais vantajosas pela empresa, algo também previsto nas definições do processo de privatização.

Na véspera, o CNPE (Conselho Nacional de Política Energética) fixou ainda que a Eletrobras deverá pagará R$ 23,2 bilhões à União pelas outorgas de 22 usinas hidrelétricas que terão contratos renovados, ou “descotizados”.

Em entrevista ao Valor Econômico, o presidente da companhia, Rodrigo Limp, afirmou que o maior desafio na privatização da companhia será a separação dos ativos nucleares, como a Eletronuclear.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Hapvida (HAPV3)

A Hapvida fechou acordo para a compra de até 100% das ações do Hospital Madrecor em Uberlândia (MG) por até R$ 120 milhões, incluindo o imóvel do hospital, de acordo com fato relevante da companhia à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) ontem (1°).

Fundado em 2005, o Madrecor oferece assistência médica completa, incluindo pronto-socorro adulto e pediátrico, laboratório de análises clínicas, serviço de diagnóstico por imagem, atendimento ambulatorial para 41 especialidades, centro cirúrgico e unidade de oncologia.

Suas instalações têm 8,2 mil m² de área construída e área total de mais de 37 mil m², e conta com 115 leitos operacionais, incluindo 20 leitos de UTI.

A transação, segundo a Hapvida, é sinérgica do ponto de vista geográfico e operacional, uma vez que a cidade de Uberlândia fica a 100 km de Uberaba, cidade com operações adquiridas e recém integradas pala companhia.

Petrobras (PETR4)

A Petrobras informou ontem (1°) que finalizou a cessão de sua participação de 10% no campo de Lapa para a TotalEnergies. A operação foi concluída com o pagamento de US$ 49,4 milhões para a Petrobras, já com os ajustes previstos no contrato.

No acordo, anunciado em 2018 e que contemplou ainda fatias na área de Iara, também na Bacia de Santos, os valores envolvidos somaram cerca de US$ 2 bilhões.

Via; ex-Via Varejo (VIIA3)

A varejista Via está expandindo serviços financeiros da fintech BanQi. Após receber em julho aval do Banco Central para ser uma sociedade de crédito direto, o BanQi pretende conceder R$ 300 milhões em crédito até o fim do ano.

O presidente-executivo do BanQi, André Calabró, diz que o funding inicial tem sido feito com caixa da Via, antes conhecida como Via Varejo, mas a partir de 2022 a fintech deve começar a captar por meio de FDICs (fundos de direitos creditório).

A carteira de crédito do BanQi se soma aos R$ 4,7 bilhões do portfólio de crediário da própria Via. Com 2,6 milhões de clientes ativos, o BanQi pretende lançar no ano que vem cartões de crédito e linhas de crédito pessoal, disse Calabró.

Desde a compra da fintech Celer, o BanQi ampliou serviços de conta digital para pequenas e médias empresas.

Kora Saúde (KRSA3)

A Kora Saúde informou a aquisição de 100% do Hospital São Mateus, localizado em Fortaleza (CE), por R$ 92,1 milhões. E 75% do capital social da Angiocardis – Diagnósticos e Terapêutica, por R$ 7,1 milhões.

B3 (B3SA3)

A B3 divulgou a terceira prévia da carteira do Ibovespa, que entrará em vigor no próximo quadrimestre (setembro a dezembro). A companhia manteve a Alpargata, Méliuz, Banco Pan, Rede D’Or, Duratex e Petz. A carteira terá 90 empresas na próxima revisão do Índice.

HP (HPQB34)

A Hewlett Packard disse nesta quarta-feira que ganhou um contrato de 10 anos e US$ 2 bilhões para fornecer sistemas de computação de alto desempenho para a Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês).

Os sistemas serão usados para computação de inteligência artificial, afirmou a empresa, e ficarão em um centro de dados da QTS Realty Trust.

De acordo com o contrato, a HPE construirá e administrará o sistema, e a NSA pagará para usar o serviço. A HPE disse que a NSA começará a usar o serviço em 2022.

A NSA é uma das principais agências de espionagem dos Estados Unidos, faz operações contra outros países e mantém um braço doméstico de segurança cibernética que tem sido criticado por buscar acordos com empresas de tecnologia para acessar dados não criptografados.

Twitter (TWTR34)

O Twitter lançará um recurso de segurança que permitirá que usuários bloqueiem contas temporariamente por sete dias pelo uso de linguagem nociva ou pelo envio de respostas indesejadas, afirmou a plataforma de redes sociais ontem (1º).

Com o modo de segurança ativado, o Twitter checará o conteúdo do tuíte para acessar a probabilidade de engajamento negativo e a relação entre o autor e o interlocutor.

Contas que interagem com frequência não serão auto-bloqueadas, disse a empresa, porque o sistema leva as relações existentes em consideração.

O Twitter já havia tomado outras medidas para lidar com o assédio em seu site, que geralmente ocorre com replies indesejadas que visam mulheres e minorias.

Omega Energia (OMGE3)

A elétrica Omega Energia fechou acordo com o Grupo Heineken para a implementação de ativos de geração renovável no Nordeste, visando o fornecimento de eletricidade para atendimento a 100% do consumo de 13 cervejarias e nove centros de distribuição no Brasil, informou a empresa ontem (1º).

Segundo a Omega Energia, que fechou o acordo por meio da Omega Desenvolvimento, a operação deve acarretar uma redução de 270 mil toneladas de emissões de gás carbônico na atmosfera. O contrato prevê fornecimento de energia por um período de dez anos.

A Heineken possui o compromisso de zerar as emissões em sua produção no Brasil até 2023, sete anos antes da meta global da empresa, e pretende neutralizar sua pegada de carbono em toda a cadeia de valor até 2040.

BRF (BRFS3)

A companhia de alimentos BRF concluiu nesta quarta-feira, por meio da subsidiária BRF Pet, a aquisição das empresas de ração para pets Mogiana Alimentos e Grupo Hercosul por R$ 1,35 bilhão, segundo fato relevante.

A BRF havia divulgado as operações no final de junho, mas sem detalhar os valores envolvidos. A empresa passará a ter uma fatia de cerca de 10% no mercado de “pet food” do Brasil, segundo maior país em vendas do setor do mundo.

Taesa (TAEE11)

A Taesa iniciou ontem (1º) a operação do empreendimento de transmissão Janaúba, que liga as regiões Nordeste, que tem batido recordes de geração eólica e solar, e Sudeste, principal centro de consumo elétrico do país, informou a companhia ao mercado.

A inauguração, quase seis meses antes do previsto, ocorre em momento importante para reforçar a robustez do sistema, enquanto o governo trabalha para garantir o abastecimento de energia do país, diante da maior crise em mais de 90 anos em reservatórios de hidrelétricas, principal fonte geradora do país.

Totalmente controlado pela Taesa, o empreendimento conecta os Estados de Minas Gerais e Bahia, com extensão de 542 km de linha. O projeto compreende as linhas de transmissão de Bom Jesus da Lapa (BA)-Janaúba (MG) e Janaúba-Pirapora (MG), ambas de 500 kV, e três subestações de 500 kV distribuídas em cada uma das cidades.

Com a entrada em operação antecipada, o empreendimento passa a adicionar o valor de R$ 213,6 milhões na RAP (Receita Anual Permitida) para a companhia.

Lojas Renner (LREN3)

A Lojas Renner ainda está analisando qual é a fonte dos ciberataques do tipo ransomware, que sofreu em 19 de agosto. A companhia informou ao Valor Investe que não há prazo específico para a divulgação do resultado.

Itaú Unibanco (ITUB4)

O Itaú lançará nos próximos 15 dias uma tag de pedágio e estacionamento sem taxa de mensalidade, apenas o pagamento de R$ 20 para a adesão do adesivo e o frete – a companhia informou ao Valor Investe que o produto chega em cinco dias na casa dos clientes.

O projeto é feito em parceria com a ConectCar, que a instituição financeira é dona de 50% do capital social da companhia. Os outros 50% é da Porto Seguro.

Braskem (BRKM5)

A Braskem informou que, apesar das medidas necessárias à operacionalização da alienação das ações mantidas em tesouraria se encontrarem em andamento, em função da reversão do prejuízo acumulado em 2020 – com o lucro líquido no segundo trimestre de R$ 7,4 bilhões, o conselho de administração da companhia autorizou o cancelamento da alienação das ações mantidas em tesouraria, ou seja, 902 mil papéis classe A.

Ambipar (AMBP3)

A Ambipar informou a aquisição de 65% da SIR Ambiente Inteligência Ambiental, que atua há quase 20 anos no mercado brasileiro provendo soluções em gerenciamento resíduos industriais. O valor da operação não foi informado.

Embraer (EMBR3)

A Eve Urban Air Mobility, empresa subsidiária da Embraer, e a Microflite, uma das principais operadoras de helicópteros da Austrália, anunciaram hoje (2) uma parceria que estabelecerá as bases para novas operações de mobilidade aérea urbana na Austrália, com início previsto para 2026.

A Microflite e a Eve planejam iniciar sua parceria usando helicópteros como uma prova de conceito para validar os parâmetros que serão aplicados a futuras operações de carros elétricos.

“A Microflite vem trabalhando com a Eve desde 2019, contribuindo para as operações desenvolvidas em conjunto pela Eve e a Airservices Austrália. Esse trabalho estabeleceu a base para explorar conceitos novos e práticos para facilitar, de maneira segura, a introdução de táxis aéreos em Melbourne, Austrália”, informou a companhia.

Pague Menos (PGMN3)

A Pague Menos informou que o guidance de aberturas de lojas entre 31 de dezembro de 2021 e 31 de dezembro de 2022 é de 80 a 120 aberturas.

(Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: