Gol refinancia R$ 1,2 bilhão de dívida de curto prazo

Refinanciamento permitirá que a companhia aérea retorne ao seu menor patamar de dívida de curto prazo desde 2014.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Avião da Gol em São Paulo

Acessibilidade


A Gol comunicou hoje (17) que concluiu refinanciamento de dívida de R$ 1,2 bilhão, com vencimento em 2024, o que permitirá que a companhia aérea retorne ao seu menor patamar de dívida de curto prazo desde 2014.

“O refinanciamento da dívida de curto prazo da Gol estenderá o prazo médio dos passivos para 3,3 anos – um aumento de mais de dois anos”, afirmou. Os recursos serão usados para refinanciar saldo remanescente de emissão de debêntures, linhas de crédito de financiamento à importação e capital de giro.

LEIA TAMBÉM: Pesquisa Focus passa a incluir projeções para componentes de inflação

A empresa disse que o refinanciamento representa a última etapa do seu programa de ‘liability management’, pelo qual usou ativos do seu balanço patrimonial para reduzir em R$ 2,1 bilhões a dívida de curto prazo em 12 meses findos em junho.

Também afirmou que, em parceria com seus provedores de leasing de aeronaves, manteve o passivo de arrendamentos em aproximadamente 45% do total do endividamento no mesmo período. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: