Westwing compra agência de viagens Zarpo

Aquisição é “mais um passo importante na estratégia de expansão em categorias de lifestyle”, segundo Andres Mutschler, CEO da varejista .

Redação
Compartilhe esta publicação:
Paula Arend Laier/Reuters
Paula Arend Laier/Reuters

A Westwing levantou R$ 1,16 bilhão em IPO realizado em fevereiro deste ano

Acessibilidade


A Westwing, plataforma de casa, decoração e lifestyle, anunciou a compra da agência de viagens Zarpo Viagens, na noite de ontem (28). Segundo a companhia, “[a operação] busca reforçar a estratégia de expandir o mercado endereçável.” O valor da aquisição não foi informado.

Fundada em 2011, a Zarpo conta com cerca de seis milhões de clientes cadastrados em sua plataforma, e trabalha em parceria com hotéis, resorts, pousadas e companhias aéreas. Em 2019, antes da pandemia, a empresa reportou o GMV (Volume bruto de mercadoria), termo usado para calcular as vendas em um determinado período, de R$ 160 milhões. No ano seguinte, o valor caiu para R$ 115 milhões, devido à pandemia.

A aquisição da Zarpo é mais um passo importante na estratégia de expansão em categorias de lifestyle”, diz Andres Mutschler, CEO da Westwing. “Com este movimento, continuaremos nossa jornada de expansão de mercado endereçável que nos permite conquistar novos clientes através das sinergias comerciais entre as plataformas, além de servir melhor ainda a base de mais de 9 milhões de usuários cadastrados em nossa plataforma.”

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A precificação e o fechamento da transação estão sujeitos à auditoria da Westwing, no prazo estimado de 75 dias, que poderá ser prorrogado caso as companhias julguem necessário.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Westwing realizou um IPO em 10 de fevereiro e levantou R$ 1,16 bilhão. No pregão de ontem, os papéis da companhia (WEST5) fecharam a sessão a R$ 5,5, com queda de 4,34%. Desde a oferta, os ativos acumulam queda de 52,55%.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: