Após forte demanda, China capta US$ 4 bilhões com bônus em dólar

A economia da China desacelera, enquanto investidores estão preocupados com uma repressão regulatória..

Redação
Compartilhe esta publicação:

Thomas Peter/Reuters

Acessibilidade


A China captou US$ 4 bilhões em uma emissão de títulos soberanos em dólares norte-americanos, mostrou um “term sheet” (documento de acordo pré-investimento), com a oferta atraindo demanda robusta de investidores “offshore” apesar da contínua repressão regulatória em alguns setores e dos problemas no mercado imobiliário.

Os lances de investidores para o acordo de quatro tranches alcançaram US$ 23,2 bilhões, quase seis vezes o valor emitido, mostraram estatísticas oficiais publicadas por assessores nesta quarta-feira.

A venda ocorre em um momento difícil para a China: sua economia está desacelerando, enquanto investidores estão preocupados com uma repressão regulatória e um possível contágio dos problemas de dívida do China Evergrande Group.

O forte apetite veio depois de autoridades do Ministério das Finanças dizerem a investidores em teleconferência na segunda-feira que estavam confiantes de que a incorporadora Evergrande não apresentava risco sistêmico, disseram três pessoas com conhecimento do assunto. As fontes não puderam ser identificadas porque as informações não foram divulgadas.

 

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Compartilhe esta publicação: