Embraer dobra venda de aviões Ipanema em 2021, apoiada no agronegócio

Com a venda de 50 novas aeronaves, a companhia teve um crescimento de 100% em relação a todo o ano de 2020

Redação
Compartilhe esta publicação:
Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Embraer teve um crescimento de 100% em relação ao ano passado

Acessibilidade


A Embraer informou hoje (1) que vendeu 50 aeronaves Ipanema EMB-203 em 2021 até o fim de setembro, o que representa um crescimento de 100% sobre todo o ano de 2020.

Segundo a fabricante, a alta reflete o bom desempenho do agronegócio brasileiro e a confiança de empresas agrícolas em antecipar a demanda de 2022, que já responde por 30% das novas encomendas.

VEJA TAMBÉM: Eve, da Embraer, recebe encomenda de 100 táxis aéreos da Bristow

Movido a etanol desde 2005, o Ipanema tem cerca de 60% de participação no mercado nacional de pulverização no país, e teve quase 1,5 mil unidades entregues, afirmou a Embraer. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: