Fabricante de chips GlobalFoundries visa avaliação de cerca de US$ 25 bilhões em IPO

Os IPOs nos Estados Unidos já atingiram um recorde histórico de mais de US$ 250 bilhões este ano.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Os IPOs nos Estados Unidos já atingiram um recorde histórico de mais de US$ 250 bilhões este ano

Acessibilidade


A fabricante de chips GlobalFoundries, controlada apelo fundo soberano de Abu Dhabi, Mubadala Investment, visa uma avaliação de cerca de US$ 25 bilhões em seu IPO (oferta pública inicial de ações) nos Estados Unidos.

A listagem deve terminar um ano recorde para IPOs, depois que vários grandes nomes como Robinhood Markets, Coinbase Global e Roblox pegaram carona no boom do mercado de ações ocorrido no início de 2021.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Os IPOs nos Estados Unidos já atingiram um recorde histórico de mais de US$ 250 bilhões este ano, de acordo com dados da Dealogic.

No prospecto apresentado às bolsas de valores hoje (19), a GlobalFoundries definiu uma faixa de preço entre US$ 42 e US$ 47 por ação para o IPO. No limite superior da faixa, a empresa deve arrecadar cerca de US$ 2,6 bilhões. Incluindo o “green shoe”, que permite às empresas vender ações adicionais durante um IPO, a GlobalFoundries pode ser avaliada em cerca de US$ 26 bilhões.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Mubadala, que está vendendo 22 milhões de ações no IPO, terá uma participação de 89,4% na GlobalFoundries e controle de 89,4% do poder de voto, após a listagem e a colocação privada, de acordo com o prospecto.

A receita da GlobalFoundries estava em declínio desde 2018, mas nos últimos 12 meses o crescimento da empresa se recuperou à medida que a demanda mundial por chips disparou.

A fabricante de chips vem consolidando suas linhas de produtos e anunciou planos de expansão nos Estados Unidos e em Cingapura com novas fábricas. A companhia planeja construir uma segunda fábrica perto de sua sede em Malta, Nova York, e investir US$ 1 bilhão para aumentar sua produção.

A GlobalFoundries foi criada quando a Mubadala comprou as instalações de fabricação da AMD em 2009 e, mais tarde, a fundiu com a Chartered Semiconductor Manufacturing, de Cingapura.

A empresa, que fabrica chips 5G, setor automotivo e outros semicondutores especializados, tem a AMD e Broadcom entre seus clientes. (com Reuters)

Compartilhe esta publicação: