LeBron James é o jogador mais bem pago da NBA pelo oitavo ano consecutivo

Atleta receberá mais de US$ 110 milhões na temporada que começa amanhã (19); confira o ranking da Forbes.

Brett Knight
Compartilhe esta publicação:
Forbes
Forbes

Kevin Durant e LeBron James estão entre os mais bem pagos da liga

Acessibilidade


LeBron James reina absoluto desde que entrou para a liga profissional de basquete dos EUA, a NBA, em 2003. De lá para cá, ele já recebeu quatro prêmios MVP (jogador mais valioso), venceu o campeonato quatro vezes e foi eleito para 17 seleções de jogos All-Star, nos quais os melhores jogadores se enfrentam. Mesmo agora, aos 36 anos e começando sua 19ª temporada, o LeBron segue colecionando feitos incríveis.

Com um salário de US$ 41,2 milhões para a temporada de 2021-22, que começa amanhã (19), além dos US$ 70 milhões que deve faturar fora das quadras, a estrela do Los Angeles Lakers receberá US$ 111,2 milhões – o equivalente a R$ 613,7 milhões – em um único ano, quebrando assim o recorde anterior, de US$ 96,5 milhões (R$ 532,6 milhões), detido por ele próprio. Com esses números, LeBron se mantém no topo do ranking da Forbes dos jogadores mais bem pagos da NBA pelo oitavo ano consecutivo.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Stephen Curry, do Golden State Warriors, fica com o segundo lugar, com US$ 92,8 milhões, o que seria um recorde para um jogador da NBA há apenas um ano e meio. Kevin Durant do Brooklyn Nets (US$ 87,9 milhões), Giannis Antetokounmpo do Milwaukee Bucks (US$ 80,3 milhões) e Russel Westbrook dos Lakers (US$ 74,2 milhões) aparecem nas terceira, quarta e quinta posições, respectivamente.

LeBron já havia quebrado outro recorde neste ano. No fim de janeiro, ele chegou à marca de US$ 1 bilhão em faturamento (antes de impostos e taxas de empresários), o que elevou seu patrimônio líquido para cerca de US$ 850 milhões, de acordo com estimativas da Forbes.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Esta semana, o jogador deu mais um passo na direção de se tornar bilionário quando sua empresa de mídia e entretenimento, a SpringHill, anunciou a venda de uma participação minoritária que foi avaliada em US$ 725 milhões. A companhia, sediada em Los Angeles, faz um pouco de tudo, desde produzir filmes e documentários (“Space Jam: Um novo legado”, “What’s My Name: Muhammad Ali”) até serviços de marketing para empresas como JPMorgan.

James não deve embolsar o dinheiro da operação. Em vez disso, provavelmente reinvestirá a maior parte dos lucros no negócio, disse à Forbes uma fonte próxima à empresa. James e seu sócio de negócios, Maverick Carter, manterão o controle acionário da SpringHill, que tem contratos de direitos de TV e cinema com a ABC Studios e a Universal Pictures.

Top 10

Os dez jogadores da NBA que formam o topo da lista vão faturar, juntos, US$ 714 milhões esta temporada, um aumento de 28% em comparação com o período 2020-2021 e de 19% em relação a 2019-2020. Negócios fora das quadras devem render ao grupo mais de US$ 305 milhões, superando facilmente o recorde do ano passado de US$ 260 milhões.

Mas o crescimento da fortuna dos top dez se deve muito a dois fatores diretamente ligados ao jogo. Nesta temporada, os atletas mais bem pagos estão arrecadando, juntos, US$ 408 milhões, ante US$ 351 milhões em 2019-20.

O primeiro é que as equipes estão conseguindo pagar mais aos seus jogadores. Nesta temporada, o teto salarial da NBA é de US$ 112,4 milhões, e a taxa de luxo da liga, uma espécie de imposto cobrado sobre o valor que ultrapassa o teto salarial da equipe, chegou a US$ 136,6 milhões, quase o dobro do praticado uma década atrás. Isso deu aos times mais dinheiro para distribuir e elevou os salários, principalmente depois das regras introduzidas em 2017 que permitem que as equipes gastem mais com contratações.

Outro fator que pesou na conta desta temporada é o retorno dos fãs aos estádios. Na temporada passada, com a pandemia prejudicando severamente o comparecimento do público, a NBA fez ajustes financeiros de emergência que efetivamente reduziram os salários dos jogadores em até 20%. A liga projeta que a receita retornará aos níveis anteriores à pandemia já neste campeonato, e a esperança é que haja ajustes mínimos nos salários dos atletas. Como os números exatos não serão conhecidos até o final da temporada, em junho, a Forbes optou por considerar que os jogadores receberão seus salários integralmente.

Mesmo assim, os efeitos da pandemia perduram. Kyrie Irving, armador do Brooklyn Nets, recusou-se a ser vacinado contra a Covid-19 e foi afastado das quadras. O valor final de seu salário, após os descontos pela ausência, o deixou de fora dos dez primeiros do ranking.

  • 1. LeBron James

    Ganhos totais: US$ 111,2 milhões
    Ganhos nas quadras: US$ 41,2 milhões
    Ganhos fora das quadras: US$ 70 milhões
    Time: Los Angeles Lakers

    Thearon Henderson/Getty Images
  • 2. Stephen Curry

    Ganhos totais: US$ 92,8 milhões
    Ganhos nas quadras: US$ 45,8 milhões
    Ganhos fora das quadras: US$ 47 milhões
    Time: Golden State Warriors

    Thearon Henderson/Getty Images
  • 3. Kevin Durant

    Ganhos totais: US$ 87,9 milhões
    Ganhos nas quadras: US$ 40,9 milhões
    Ganhos fora das quadras: US$ 47 milhões
    Time: Brooklyn Nets

    Corey Sipkin/Associated Press
  • 4. Giannis Antetokounmpo

    Ganhos totais: US$ 80,3 milhões
    Ganhos nas quadras: US$ 39,3 milhões
    Ganhos fora das quadras: US$ 41 milhões
    Time: Milwaukee Bucks

    Patrick McDermott/Getty Images
  • 5.Russell Westbrook

    Ganhos totais: US$ 74,2 milhões
    Ganhos nas quadras: US$ 44,2 milhões
    Ganhos fora das quadras: US$ 30 milhões
    Time: Los Angeles Lakers

    Ringo Chiu/Associated Press
  • 6. James Harden

    Ganhos totais: US$ 62,3 milhões
    Ganhos nas quadras: US$ 44,3 milhões
    Ganhos fora das quadras: US$ 18 milhões
    Time: Brooklyn Nets

    Frank Franklin II/Getty Images
  • 7. Damian Lillard

    Ganhos totais: US$ 56,3 milhões
    Ganhos nas quadras: US$ 39,3 milhões
    Ganhos fora das quadras: US$ 17 milhões
    Time: Portland Trail Blazers

    Matthew Stockman/Getty Images
  • 8. Klay Thompson

    Ganhos totais: US$ 54 milhões
    Ganhos nas quadras: US$ 38 milhões
    Ganhos fora das quadras: US$ 16 milhões
    Time: Golden State Warriors

    David Zalubowski/Associated Press
  • 9. Paul George

    Ganhos totais: US$ 47,8 milhões
    Ganhos nas quadras: US$ 39,3 milhões
    Ganhos fora das quadras: US$ 8,5 milhões
    Time: Los Angeles Clippers

    Tony Gutierrez/Associated Press
  • 10. Jimmy Butler

    Ganhos totais: US$ 47 milhões
    Ganhos nas quadras: US$ 36 milhões
    Ganhos fora das quadras: US$ 11 milhões
    Time: Miami Heat

    Michael Wyke/Associated Press

1. LeBron James

Ganhos totais: US$ 111,2 milhões
Ganhos nas quadras: US$ 41,2 milhões
Ganhos fora das quadras: US$ 70 milhões
Time: Los Angeles Lakers

Compartilhe esta publicação: