Lorenzetti investe R$ 200 milhões em louças sanitárias em MG

A companhia prevê faturar R$ 2,2 bilhões em 2021, 24% acima de sua média histórica .

Redação
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

A companhia prevê faturar R$ 2,2 bilhões em 2021, 24% acima de sua média histórica

Acessibilidade


O grupo Lorenzetti anunciou investimento de R$ 200 milhões em sua fábrica de louças sanitárias em Poços de Caldas (MG) para duplicar a capacidade produtiva até 2024, informou a empresa hoje (27).

A unidade de Poços de Caldas é voltada para produção de louças, como bacias sanitárias, cubas, tanques e mictórios, segmento que a Lorenzetti entrou em 2015.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

“Do faturamento de R$ 1,9 bilhão em 2020, uma fatia importante provém de louças sanitárias. Estamos entre as maiores marcas de louças sanitárias e prevemos dobrar a produção até 2024, com 200 mil peças fundidas ao mês e mais de mil funcionários diretos”, afirmou o presidente-executivo do grupo Eduardo Coli.

A Lorenzetti, que tem rivais como a Dexco, prevê faturar R$ 2,2 bilhões em 2021, 24% acima da média histórica da companhia ao longo dos seus 98 anos impulsionada pelo forte desempenho do setor de construção civil dos últimos meses.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“A Lorenzetti segue plano de crescimento estruturado. Nos últimos três anos, nossa evolução foi de 66,3% no faturamento e estamos confiantes com a boa performance com louças”, afirmou Coli. “Em 2024, teremos 54 mil metros quadrados de área construída e a perspectiva de nova ampliação da fábrica no futuro”, acrescentou.

O grupo Lorenzetti tem cinco fábricas, sendo quatro unidades no bairro da Mooca, em São Paulo, e uma em Minas Gerais. (com Reuters)

Compartilhe esta publicação: