Petróleo Brent tem máxima de 3 anos após Opep+ manter plano de produção

O Brent subia 2,23% para US$ 83,07 o barril por volta das 12h25, horário de Brasília

Redação
Compartilhe esta publicação:
Anton Petrus/GettyImages
Anton Petrus/GettyImages

O Brent subia 2,23% para US$ 83,07 o barril por volta das 12h25, horário de Brasília

Acessibilidade


Os contratos futuros do petróleo Brent atingiram uma nova máxima de três anos hoje (5), com o barril do petróleo norte-americano (WTI) perto dos picos de 2014, depois que o grupo de produtores Opep+ decidiu manter seus aumentos de produção planejados em vez de bombear ainda mais.

A Opep+ concordou em julho em aumentar a produção em 400.000 barris por dia (bpd) a cada mês até pelo menos abril de 2022 para eliminar gradualmente 5,8 milhões de bpd dos cortes de produção existentes.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O petróleo Brent subia 2,23% para US$ 83,07 o barril por volta das 12h25, horário de Brasília. Enquanto o WTI avançava 2,32% a US$ 79,42 no mesmo horário.

Os preços do petróleo já subiram mais de 50% este ano, aumentando as pressões inflacionárias em nações consumidoras de petróleo, como os Estados Unidos e a Índia, preocupadas se os valores altos poderão afetar a recuperação das economias. (com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: