Economia do Japão encolhe mais do que o esperado sob impacto de restrições de oferta

O fraco PIB contrasta com leituras mais promissoras de outros países avançados, como os Estados Unidos.

Redação
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Androniki Christodoulou
REUTERS/Androniki Christodoulou

A economia encolheu 3% em dado anualizado em julho-setembro

Acessibilidade


A economia do Japão se contraiu muito mais do que o esperado no terceiro trimestre, quando interrupções no fornecimento global atingiram as exportações e os gastos empresariais enquanto novos casos de Covid-19 azedaram o ânimo do consumidor, minando esforços para estimular um ciclo de crescimento virtuoso.

Embora muitos analistas esperem que a terceira maior economia do mundo se recupere neste trimestre, à medida que as contaminações pelo vírus diminuem, o agravamento dos gargalos de produção global representa riscos crescentes para o Japão, cuja economia é dependente das exportações.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A economia encolheu 3% em dado anualizado em julho-setembro, após um ganho revisado de 1,5% no segundo trimestre, mostraram dados preliminares do Produto Interno Bruto (PIB) nesta segunda-feira, muito pior do que a previsão média do mercado de uma contração de 0,8%.

O fraco PIB contrasta com leituras mais promissoras de outros países avançados, como os Estados Unidos, onde a economia cresceu 2% no terceiro trimestre com a forte demanda reprimida.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Na comparação com o trimestre anterior, o PIB do Japão caiu 0,8%, ante previsões do mercado de um declínio de 0,2%.

Compartilhe esta publicação: